Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


segunda-feira, 25 de junho de 2012

Fhernanda dá voz a 13 músicas de Fátima Guedes no álbum 'Passional'

Disco em que a cantora e compositora carioca Fhernanda Fernandes dá voz a 13 músicas de Fátima Guedes, Passional - As Canções de Fátima Guedes segue para fábrica nesta segunda-feira, 25 de junho de 2012. Idealizado pelo DJ Zé Pedro para sua gravadora Joia Moderna, Passional foi gravado em Niterói (RJ), de fevereiro a junho de 2012, com arranjos e direção musical do violonista Felipe Poli. O disco entrelaça as obras de Fhernanda e Fátima 32 anos depois de ambas terem participado do festival MPB-80. Na competição exibida pela TV Globo em 1980, Fhernanda defendeu Devassa (Wania Andrade e Solange Boeke) - com interpretação que lhe rendeu convite da extinta gravadora RGE para a gravação de compacto e do posterior álbum Fera (1981) - enquanto Fátima apresentou sua composição Mais Uma Boca. A seleção - que inclui a obscura E Agora?, lançada por Carol Saboya no álbum Presente (2003) - prioriza a produção lançada pela compositora entre 1979 e 1981. Eis o repertório de Passional, CD que chega às lojas entre o fim de julho e o início de agosto de 2012, com distribuição da Tratore:

1. Cara a Máscara (Fátima Guedes, 1979)
2. Passional (Fátima Guedes, 1979)
3. Dor Medonha (Fátima Guedes, 1980)
4. E Agora? (Fátima Guedes, 2003)
5. Flor de Ir Embora (Fátima Guedes, 1990)
6. Tanto que Aprendi de Amor (Fátima Guedes, 1980)
7. Não Te Amo Mais (Fátima Guedes, 1985)
8. Fraqueza (Fátima Guedes, 1981)
9. Paladar (Fátima Guedes, 1980)
10. Absinto (Fátima Guedes, 1983)
11. É Sério (Fátima Guedes e Djavan, 1999)
12. Desacostumei de Carinho (Fátima Guedes, 1981)
13. Celeste (Fátima Guedes, 1981)

18 comentários:

Mauro Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria disse...

Maravilha! Viva a essa grande compositora que é Fátima Guedes.

Marcelo disse...

Esse repertório é quase um the best of...Fantástico. Fhernanda é boa cantora, mas eu adoraria ver essas canções na voz de Simone ou de Nana. Aí seria pra matar... Vou torcer pros arranjos estarem perto do universo das canções.

lurian disse...

Fátima Guedes bem poderia ter presenteado Fhernanda com uma inédita, ela geralmente é muito generosa com os intérpretes.
Gosto muito do disco "Fera" (1981) que tinha composições lindas: Golpe de amor (Joyce Moreno/Ana Terra), O Grande Lance É Fazer Romance (Caetano Veloso/ Vinicius Cantuária), além de algumas boas composições autorais, como Príncipe Encantado.
Fehrnanda fez boa seleção no repertório de Fátima Guedes. Ansiedade por ouvir.
Tal como o Marcelo, também gostaria que um dia Nana fizesse algo assim com Sueli Costa e Fátima Guedes.
E agora? É linda na versão da Carol Sabóya, sempre ouco!

ouisa55 disse...

Tomara que outros sigam o exemplo gravando mais um ou dois discos com composições da Fátima. De entrada, Fhernanda está ótimo. Vozeirão poderoso!

ouisa55 disse...

Promete ser um belo disco.O repertório é de primeira.
Clovis Cordeiro da Silva.
Curitiba.

Toninho Lima disse...

Certamente será um ótimo disco. Fhernanda Fernandes é excelente intérprete. Adoro a sua voz, e Fátima Guedes dispensa comentários.

"Tanto Que Aprendi de Amor" é uma pérola. O repertório foi muito bem escolhido, mas eu acrescentaria "Pelo Cansaço" (1981) ou "Os Amores Que Eu Não Tive" (1985).

ouisa55 disse...

ẽsse é o disco que eu gostaria de gravar, se estivesse na área. Pena que só acordaram agora para o potencial da Fátima e seu repertório deslumbrante.

Maria disse...

Não gosto de Simone, preferia ouvir na voz de Nana! aí sim seria espetacular mesmo.

Lecir Marques disse...

Olá, Fernanda.
Parabéns pelo repertório escolhido.

Com certeza será um sucesso.
Que vc tenha muitas alegrias com este seu novo trabalho.
Tudo de melhor pra vc.
Bjs,
Lecir Marques

KL disse...

O álbum "Fera", de RGE/1981, merece muito ser relançado em cd, pois é cheio de estilo, belas canções e grandes músicos, como João Donato e Lincoln Olivetti, por exemplo. A verão de Fernanda para "O Grande Lance é Fazer Romence", parceria de Caetano Vinicius e Vinicius Cantuária, é brilhante.

Alexandre Siqueira disse...

Fhernanda é tudo de bom! Sou fã! Fátima Guedes então, nem se fala! Ansioso por ouvir o álbum! Que venham mais discos de Fhernanda e de Fátima também!

lurian disse...

Isso mesmo KL, o disco "Fera" merece demais ser relançado!!!

Renata Costa disse...

Tive o privilégio de ouvir a obra em primeiríssima mão e é realmente de tirar o fôlego. Fhernanda é dona de uma voz ímpar, sou fã absoluta. Ideia genial trazer a interpretação de Fhernanda Fernandes, que também é uma belíssima compositora, às composições de Fátima Guedes.
Som imperdível!

Toninho Lima disse...

Também apoio a reedição do disco "Fera" em cd. É ótimo nos arranjos, no repertório e no timaço de músicos. E a Fernanda (na época era o nome artístico), então...

"Golpe de Amor", desse disco, é um dos melhores "lado B" de Joyce. Uma das baladas mais lindas do início da década de 80.

Káyon disse...

A capa reflete a força, a densidade e a elegância da obra de Fátima. Achei linda a foto.

José Matos disse...

Certamente é um belíssimo CD!

dario leao disse...

Pena, como sempre, é a distribuição, não se encontra em lugar nenhum