Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


domingo, 17 de junho de 2012

Gil quer retomar projeto de disco de samba para tirar 'osso da garganta'

Gilberto Gil planeja retomar o projeto de um disco de sambas, anunciado há anos. O cantor e compositor baiano - visto em foto de João Wainer - considera a ideia de concretizar o projeto após a edição pela Biscoito Fino de CD, DVD e blu-ray com o registro do show Gilberto Gil Sinfônico - Concerto de Cordas & Máquinas de Ritmo, gravado ao vivo em apresentação no Theatro Municipal do Rio de Janeiro (RJ) em 28 de maio e programado para ser lançado no segundo semestre de 2012. "Ainda tenho esse disco de sambas engasgado na garganta. Quero tirar esse osso", metaforizou Gil, em entrevista a Mauro Ferreira para a revista Isto É Gente.

15 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Gilberto Gil planeja retomar o projeto de um disco de sambas, anunciado há anos. O cantor e compositor baiano - visto em foto de João Wainer - considera a ideia de concretizar o projeto após a edição pela Biscoito Fino de CD, DVD e blu-ray com o registro do show Gilberto Gil Sinfônico - Concerto de Cordas & Máquinas de Ritmo, gravado ao vivo em apresentação no Theatro Municipal do Rio de Janeiro (RJ) em 28 de maio e programado para ser lançado no segundo semestre de 2012. "Ainda tenho esse disco de sambas engasgado na garganta. Quero tirar esse osso", metaforizou Gil, em entrevista a Mauro Ferreira para a revista Isto É Gente.

Marcelo Barbosa disse...

Quando tirá-lo, por favor convide a Beth Carvalho, pois eu simplesmente AMO o dueto de ambos no pout-pourri de sambas de roda no Dvd BC canta os sambas da Bahia! rs

Maria disse...

Tomara! quero logo um registro com inéditas de Gil.

Luca disse...

Esse disco tem tudo para ser bacana, tenho certeza que Gil não vai se limitar a um samba quadrado, ele vai experimentar, misturar

Zé Henrique disse...

Grande fã do Gil. E quem não é, né?
Só se for doente da cabeça e tb do pé.
Tomara, de verdade, que o disco seja melhor que o de Reggae que ele lançou tempos atrás, a bolachinha era bem derrubadinha.

PS: Acho o contrário do Luca. Pra mim um disco de samba do Gil só teria sentido/graça se fosse o ritmo em sua essência. Ou o mais próximo disso possível.

Zé Henrique disse...

Ahh, Mauro, cadê o link da entrevista?

Mauro Ferreira disse...

Zé, a entrevista já foi publicada há quase um mês, mais precisamente na edição de 26 de maio. A pergunta sobre um futuro disco de inéditas - origem da declaração do cantor - acabou não entrando na edição final. Mas me lembrei que havia na resposta (a intenção de retomar o disco de sambas) uma notícia. Abs, MauroF

Zé Henrique disse...

Valeu, Maurão.
É que é sempre bom ouvir o Gil, além de cantar, falar.
Vou jogar no Google.

Maria disse...

Aquele disco Kaya N'Gan Daya foi um porre! ainda mais pra mim que não gosto de Reggae.

Zé Henrique disse...

Se eu que adoro Reggae não gostei, Maria, é porque foi ruizinho mesmo.
Mas o de forró dele, da trilha do filme Eu Tu Eles, é lindo.
Gil cantando algumas músicas próprias e várias do Gonzagão com sua docilidade baiana.
Tomara que o de samba seja desse nível.

Maria disse...

Pois é, espero que esse de samba seja um discaço! a altura do talento do grande artista que Gilberto Gil é.

Maria disse...

Zé Henrique, só por curiosidade você gosta de Música Clássica?

Fabiana disse...

Pode ser coisa da minha cabeça, ou dos meus ouvidos... Mas será que só eu percebi que o Mestre Gil parece que está perdendo a voz???


Tomara que seja coisa dos meus ouvidos...

Zé Henrique disse...

Oi Maria, não tenho o costume de ouvir. Mas claro que há músicas clássicas belíssimas que emocionam a beça. Se uma orquestra estiver tocando na minha frente eu ouço com prazer, mas não vou atrás dela.
Manjou?
Vc gosta?
Toca em alguma sinfônica? :-)

PS: Mas o melhor do Gil não é a voz, Fabiana. O melhor é a alma que se apresenta nos versos.

Maria disse...

Zé Henrique,quem dera eu tocar em uma orquestra sinfônica hehehe acho muito bonito! Gosto de ouvir as vezes alguns concertos clássicos é um estilo de música que eu gostaria de conhecer mais devido ao seu rebuscamento.