sábado, 11 de dezembro de 2010

Luan Santana grava DVD no Rio com inéditas, Belinda e aparato 'hi-tech'

Um dos fenômenos de popularidade do mercado fonográfico em 2010 com seu pop sertanejo universitário que cativou o público adolescente, provável campeão de vendas de discos no ano por conta das alardeadas 400 mil cópias vendidas do CD e DVD Luan Santana ao Vivo (2009), Luan Santana sobe neste sábado, 11 de dezembro, ao palco da HSBC Arena, no Rio de Janeiro (RJ), para fazer seu segundo consecutivo registro ao vivo de show. Já na condição de astro mais rentável do elenco da gravadora Som Livre, o cantor de Campo Grande (MS) vai registrar estimadas 15 inéditas entre sucessos como Meteoro - gravado originalmente pelo artista em seu primeiro e único álbum de estúdio, Tô de Cara (2009) - e Adrenalina. A Bússola, Não Era para Ser, Superamor, Um Beijo e Palácios e Castelos são alguns títulos da safra de inéditas. A gravação ao vivo vai contar com as participações de Belinda (cantora espanhola naturalizada mexicana), de Ivete Sangalo e da dupla Zezé Di Camargo & Luciano. Um aparato hi-tech foi montado na HSBC Arena, em clima de superprodução. Estão previstos números de ilusionismo.

2 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Um dos fenômenos de popularidade do mercado fonográfico em 2010 com seu pop sertanejo universitário que cativou o público adolescente, provável campeão de vendas de discos no ano por conta das alardeadas 400 mil cópias vendidas do CD e DVD Luan Santana ao Vivo (2009), Luan Santana sobe neste sábado, 11 de dezembro, ao palco da HSBC Arena, no Rio de Janeiro (RJ), para fazer seu segundo consecutivo registro ao vivo de show. Já na condição de astro mais rentável do elenco da gravadora Som Livre, o cantor de Campo Grande (MS) vai registrar estimadas 15 inéditas entre sucessos como Meteoro - gravado originalmente pelo artista em seu primeiro e único álbum de estúdio, Tô de Cara (2009) - e Adrenalina. A Bússola, Não Era para Ser, Superamor, Um Beijo e Palácios e Castelos são alguns títulos da safra de inéditas. A gravação ao vivo vai contar com as participações de Belinda (cantora espanhola naturalizada mexicana), de Ivete Sangalo e da dupla Zezé Di Camargo & Luciano. Um aparato hi-tech foi montado na HSBC Arena, em clima de superprodução. Estão previstos números de ilusionismo.

Maiza Lira disse...

Luan Santana deve fazer parte da trilha sonora do inferno, credo que porcaria!