Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Primeiro álbum do Mundo Livre S/A faz 20 anos e ganha reedição em vinil

Pedra tão fundamental para a construção do movimento pernambucano Mangue Beat quanto o álbum de estreia da Nação Zumbi, Da lama ao caos (Chaos / Sony Music, 1994), o primeiro álbum do Mundo Livre S/A - grupo então formado por Fred Zeroquatro (guitarra, cavaquinho e vocais), Fábio Goró (baixo), Bactéria (teclados), Xef Tony (bateria) e Otto (percussão) - está ganhando edição em vinil. A edição celebra os 20 anos de vida do álbum lançado originalmente pelo selo Banguela Records em 1994. Samba esquema noise - cujo título é trocadilho que alude ao primeiro revolucionário álbum de Jorge Ben Jor, Samba esquema novo (Philips, 1963) - está sendo relançado em vinil de 180 gramas pelo selo pernambucano Assustado Discos, dirigido no Recife (PE) por Rafael Cortes. A tiragem da edição em LP é de mil cópias, sendo 700 em vinil preto as outras 300 em vinil amarelo. Por conta da edição em vinil, Samba esquema noise foi remasterizado por Iuri Freiberger sob a supervisão de Fred Zeroquatro. Eis a disposição das faixas no LP que rebobina 10 das 13 músicas do álbum Samba esquema noise:

Lado A:
1. Manguebit (Fred Zeroquatro)
2. A bola do jogo (Fred Zeroquatro)
3. Livre iniciativa (Fred Zeroquatro e Chef Tony)
4. Saldo de Aratú (Fred Zeroquatro, Fabio Goró, Chef Tony, Otto e Bactéria)
5. Homero, o junkie (Fred Zeroquatro, Fabio Goró e Chef Tony)


Lado B:
1. Musa da Ilha Grande (Fred Zeroquatro)
2. Cidade estuário (Fred Zeroquatro)
3. Rios, pontes & overdrives (Fred Zeroquatro)
4. O rapaz do bonezinho preto (Fred Zeroquatro, Fabio Goró, Chef Tony, Otto e Bactéria)
5. Terra escura (Fred Zeroquatro)

4 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Pedra tão fundamental para a construção do movimento pernambucano Mangue Beat quanto o álbum de estreia da Nação Zumbi, Da lama ao caos (Chaos / Sony Music, 1994), o primeiro álbum do Mundo Livre S/A - grupo então formado por Fred Zeroquatro (guitarra, cavaquinho e vocais), Fábio Goró (baixo), Bactéria (teclados), Xef Tony (bateria) e Otto (percussão) - está ganhando edição em vinil. A edição celebra os 20 anos de vida do álbum lançado originalmente pelo selo Banguela Records em 1994. Samba esquema noise - cujo título é trocadilho que alude ao primeiro revolucionário álbum de Jorge Ben Jor, Samba esquema novo (Philips, 1973) - está sendo relançado em vinil de 180 gramas pelo selo pernambucano Assustado Discos, dirigido no Recife (PE) por Rafael Cortes. A tiragem da edição em LP é de mil cópias, sendo 700 em vinil preto as outras 300 em vinil amarelo. Por conta da edição em vinil, Samba esquema noise foi remasterizado por Iuri Freiberger sob a supervisão de Fred Zeroquatro. Eis a disposição das faixas no LP que rebobina 10 das 13 músicas do álbum Samba esquema noise:

Lado A:
1. Manguebit (Fred Zeroquatro)
2. A bola do jogo (Fred Zeroquatro)
3. Livre iniciativa (Fred Zeroquatro e Chef Tony)
4. Saldo de Aratú (Fred Zeroquatro, Fabio Goró, Chef Tony, Otto e Bactéria)
5. Homero, o junkie (Fred Zeroquatro, Fabio Goró e Chef Tony)

Lado B:
1. Musa da Ilha Grande (Fred Zeroquatro)
2. Cidade estuário (Fred Zeroquatro)
3. Rios, pontes & overdrives (Fred Zeroquatro)
4. O rapaz do bonezinho preto (Fred Zeroquatro, Fabio Goró, Chef Tony, Otto e Bactéria)
5. Terra escura (Fred Zeroquatro)

Luis Guto disse...

Mauro, uma correção:
O clássico "Samba esquema novo", de Jorge Ben (Jor), é de 1963. ;)
Abraço!

Mauro Ferreira disse...

Grato, Luis, pelo toque do erro de digitação, já corrigido. Abs, MauroF

Zé Henrique disse...

O ruim desses relançamentos é que no vinil não cabem todas as músicas.
No mais, salve Zeroquatro. Salve!