Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


terça-feira, 16 de setembro de 2014

Em cena, o Rio de Fafá abarca hits dos repertórios de Gal, Maysa e Nana

Música associada ao canto cristalino de Gal Costa desde que foi lançada pela cantora baiana no show Fa-tal - Gal a todo vapor (1971), Vapor barato está ganhando novamente a voz de Fafá de Belém numa interpretação certamente mais madura do que a feita em 1973 em bar de sua cidade natal, Belém, ocasião em que a então adolescente Fafá foi ouvida pelo produtor musical baiano Roberto Santana e recebeu um convite - negado, no calor daquele momento - para gravar seu primeiro disco. Clássico da parceria de Jards Macalé com Waly Salomão (1943 - 2003), Vapor barato foi o bis da reestreia do show Meu Rio de muitos janeiros, show que voltou à cena carioca na noite de ontem, 15 de setembro de 2014, em temporada de dois dias no Theatro Net Rio, no Rio de Janeiro (RJ). Em Meu Rio de muitos janeiros, a cantora paraense apresenta um repertório inspirado pela noite e boemia cariocas. Na companhia de um trio de piano (o de Cristóvão Bastos), baixo (o de Renato Loyola) e bateria (a de Ricardo Costa), Fafá deu voz a sucessos da cantora Maysa Matarazzo - um medley com Ouça (Maysa, 1957), Meu mundo caiu (Maysa, 1958) e Franqueza (Denis Brean e Osvaldo Guilherme, 1957) - e a clássicos da Bossa Nova, sem esquecer de lembrar temas de romantismo mais kitsch e despudorado, caso de Devolvi (Adelino Moreira, 1960), samba-canção cristalizado pela cantora potiguar (de criação carioca) Núbia Lafayette (1937 - 2007). Imortalizado na voz de Nana Caymmi, o bolero Resposta ao tempo (Cristóvão Bastos e Aldir Blanc, 1998) também é abarcado em cena pelo Rio multifacetado de Fafá. Eis o roteiro seguido em 15 de setembro de 2014 por Fafá de Belém - em foto de Rodrigo Goffredo - na apresentação de Meu Rio de muitos janeiros que lotou o Theatro Net Rio, onde o show fica em cartaz até 16 de setembro:

*   Exibição do clipe de Tortura de amor (Waldick Soriano, 1962)
1. Cidade maravilhosa (André Filho, 1934)
2. Foi assim (Paulo André Barata e Ruy Barata, 1977)
3. Coração do agreste (Moacyr Luz e Aldir Blanc, 1989)
4. Dentro de mim mora um anjo (Sueli Costa e Cacaso, 1978)
5. Ouça (Maysa, 1957) /
    Meu mundo caiu (Maysa, 1958) /
    Franqueza (Denis Brean e Osvaldo Guilherme, 1957)
6. Samba do avião (Antonio Carlos Jobim, 1962)
7. Corcovado (Antonio Carlos Jobim, 1960)
8. Fotografia (Antonio Carlos Jobim, 1959)
9. Você e eu (Carlos Lyra e Vinicius de Moraes, 1961)
10. Chega de saudade (Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes, 1958)
11. Minha (Francis Hime e Vinicius de Moraes, 1966)
12. Sob medida (Chico Buarque, 1979)
13. Todo o sentimento (Cristóvão Bastos e Chico Buarque, 1987)
14. Resposta ao tempo (Cristóvão Bastos e Aldir Blanc, 1998)
15. Canto triste (Edu Lobo e Vinicius de Moraes, 1966)
16. Preconceito (Fernando Lobo e Antônio Maria, 1953)
17. Ninguém me ama (Fernando Lobo e Antônio Maria, 1952)
18. Devolvi (Adelino Moreira, 1960)
19. Valsa de uma cidade (Ismael Neto e Antônio Maria, 1954)
Bis:
20. Vapor barato (Jards Macalé e Waly Salomão, 1971)
*    Abandonada (Michael Sullivan e Paulo Sérgio Valle, 1996) - trecho, a caminho do camarim

8 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Música associada ao canto cristalino de Gal Costa desde que foi lançada pela cantora baiana no show Fa-tal - Gal a todo vapor (1971), Vapor barato está ganhando novamente a voz de Fafá de Belém numa interpretação certamente mais madura do que a feita em 1973 em bar de sua cidade natal, Belém, ocasião em que a então adolescente Fafá foi ouvida pelo produtor musical baiano Roberto Santana e recebeu um convite - negado, no calor daquele momento - para gravar seu primeiro disco. Clássico da parceria de Jards Macalé com Waly Salomão (1943 - 2003), Vapor barato foi o bis da reestreia do show Meu Rio de muitos janeiros, show que voltou à cena carioca na noite de ontem, 15 de setembro de 2014, em temporada de dois dias no Theatro Net Rio, no Rio de Janeiro (RJ). Em Meu Rio de muitos janeiros, a cantora paraense apresenta um repertório inspirado pela noite e boemia cariocas. Na companhia de um trio de piano (o de Cristóvão Bastos), baixo (o de Renato Loyola) e bateria (a de Ricardo Costa), Fafá deu voz a sucessos da cantora Maysa Matarazzo - um medley com Ouça (Maysa, 1957), Meu mundo caiu (Maysa, 1958) e Franqueza (Denis Brean e Osvaldo Guilherme, 1957) - e a clássicos da Bossa Nova, sem esquecer de lembrar temas de romantismo mais kitsch e despudorado, caso de Devolvi (Adelino Moreira, 1960), samba-canção cristalizado pela cantora potiguar (de criação carioca) Núbia Lafayette (1937 - 2007). Imortalizado na voz de Nana Caymmi, o bolero Resposta ao tempo (Cristóvão Bastos e Aldir Blanc, 1998) também é abarcado em cena pelo Rio multifacetado de Fafá. Eis o roteiro seguido em 15 de setembro de 2014 por Fafá de Belém - em foto de Rodrigo Goffredo - na apresentação de Meu Rio de muitos janeiros que lotou o Theatro Net Rio, onde o show fica em cartaz até 16 de setembro:

* Exibição do clipe de Tortura de amor (Waldick Soriano, 1962)
1. Cidade maravilhosa (André Filho, 1934)
2. Foi assim (Paulo André Barata e Ruy Barata, 1977)
3. Coração do agreste (Moacyr Luz e Aldir Blanc, 1989)
4. Dentro de mim mora um anjo (Sueli Costa e Cacaso, 1978)
5. Ouça (Maysa, 1957) / Meu mundo caiu (Maysa, 1958) / Franqueza (Denis Brean e Osvaldo Guilherme, 1957)
6. Samba do avião (Antonio Carlos Jobim, 1962)
7. Corcovado (Antonio Carlos Jobim, 1960)
8. Fotografia (Antonio Carlos Jobim, 1959)
9. Você e eu (Carlos Lyra e Vinicius de Moraes, 1961)
10. Chega de saudade (Antonio Carlos Jobim e Vinicius de Moraes, 1958)
11. Minha (Francis Hime e Vinicius de Moraes, 1966)
12. Sob medida (Chico Buarque, 1979)
13. Todo o sentimento (Cristóvão Bastos e Chico Buarque, 1987)
14. Resposta ao tempo (Cristóvão Bastos e Aldir Blanc, 1998)
15. Canto triste (Edu Lobo e Vinicius de Moraes, 1967)
16. Preconceito (Fernando Lobo e Antônio Maria, 1953)
17. Ninguém me ama (Fernando Lobo e Antônio Maria, 1952)
18. Devolvi (Adelino Moreira, 1960)
19. Valsa de uma cidade (Ismael Neto e Antônio Maria, 1954)
Bis:
20. Vapor barato (Jards Macalé e Waly Salomão, 1971)
* Abandonada (Michael Sullivan e Paulo Sérgio Valle, 1996) - trecho, a caminho do camarim

Estalactites hemorrágicas disse...

Prá lá de bom.
Como tá cantando.

Marcelo disse...

Uma grande cantora e um grande repertório. Sem modismos, sem artifícios e sem nada "indie" !!! O que é bom e de qualidade dura pra sempre!! Viva Fafá!

L disse...

Ótimo post. Uma pergunta/pedido:

Mauro, pra nós que somos pesquisadores acadêmicos interessados na música brasileira, e mesmo para os curiosos de plantão que queiram explorar o Notas Musicais e o acervo anterior, seria possível você incluir uma caixa/botão de busca neste e no acervo de 2006-2010? Acho que não deve ser difícil e o blogger deve prover isso.

Eu queria ter tempo para reler TODO o acervo e TODO o arquivo, e quem sabe algum dia faça isso de maneira sistemática, mas às vezes eu apenas gostaria de ler posts sobre um(a) cantor(a) específico.

Bom, vai aí o pedido de uma fã dedicada do seu trabalho!

Lilian

Mauro Ferreira disse...

Lilian, a ferramenta de busca já existe. É a lupa alocado no canto superior esquerdo do blog. Basta escrever o nome do artista e clicar na lupa. abs, MauroF

Unknown disse...

Queria tanto que tivesse Pauapixuna nesse repertório... Acho que é uma canção indispensável no canto de Fafá.

Luca disse...

Vapor barato é de Gal. e ponto final

Mauro Silva disse...

Grande Fafá...linda voz. Ela não canta....ela ENcanta :)