Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 20 de setembro de 2014

Três primeiros álbuns da Turma do Balão Mágico são reeditados via Sony

Grupo infantil criado pela gravadora CBS no início dos anos 1980, A Turma do Balão Mágico (1982 - 1986) tem seus três primeiros álbuns reeditados pela Sony Music em CD triplo (capa acima) intitulado A Turma do Balão Mágico. A edição tripla foi produzida pela companhia para faturar com o comércio de discos infantis, tradicionalmente alavancado nesta época do ano por conta da proximidade do Dia das Crianças. Os três álbuns - todos intitulados A Turma do Balão Mágico e lançados em 1982, 1983 e 1984 - venderam milhões de cópias, abrindo as portas do mercado fonográfico infantil para nomes como o grupo Trem da Alegria (formado na sequência pela gravadora RCA, concorrente da CBS) e a apresentadora de TV Xuxa Meneghel (contratada pela Som Livre após passagem meteórica pela PolyGram). Na ocasião, a CBS pôs seu elenco nacional a serviço do grupo, que incluiu em suas diversas formações crianças como Simony, Tob, Jairzinho - Jair Oliveira, filho do cantor paulista Jair Rodrigues (1939 - 2014) - e Mike. Até o habitualmente arisco Roberto Carlos gravou com A Turma do Balão Mágico (em É tão lindo, música do terceiro álbum, gravado com a adesão de Fábio Jr. na faixa Amigos do peito). O primeiro grande sucesso do grupo, Superfantástico, foi lançado no segundo álbum, em 1983, com participação de Djavan, então em fase de grande sucesso artístico e comercial.

11 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Grupo infantil criado pela gravadora CBS no início dos anos 1980, A Turma do Balão Mágico (1982 - 1986) tem seus três primeiros álbuns reeditados pela Sony Music em CD triplo (capa acima) intitulado A Turma do Balão Mágico. A edição tripla foi produzida pela companhia para faturar com o comércio de discos infantis, tradicionalmente alavancado nesta época do ano por conta da proximidade do Dia das Crianças. Os três álbuns - todos intitulados A Turma do Balão Mágico e lançados em 1982, 1983 e 1984 - venderam milhões de cópias, abrindo as portas do mercado fonográfico infantil para nomes como o grupo Trem da Alegria (formado na sequência pela gravadora RCA, concorrente da CBS) e a apresentadora de TV Xuxa Meneghel (contratada pela Som Livre após passagem meteórica pela PolyGram). Na ocasião, a CBS pôs seu elenco nacional a serviço do grupo, que incluiu em suas diversas formações crianças como Simony, Tob, Jairzinho - Jair Oliveira, filho do cantor paulista Jair Rodrigues (1939 - 2014) - e Mike. Até o habitualmente arisco Roberto Carlos gravou com A Turma do Balão Mágico (em É tão lindo, música do terceiro álbum, gravado com a adesão de Fábio Jr. na faixa Amigos do peito). O primeiro grande sucesso do grupo, Superfantástico, foi lançado no segundo álbum, em 1983, com participação de Djavan, então em fase de grande sucesso artístico e comercial.

Eduardo disse...

Que demais! Já tinha perdido as esperanças de um relançamento disso!

Marcelo Barbosa disse...

Minha infância! rs
Mauro, o primeiro sucesso foi o Galinha Magricela do primeiro disco. Superfantástico explodiu, mas o primeiro foi a galinha.
Abs e bons tempos em que se faziam boas músicas infantis.

O blog disse...

Apesar de 90% das músicas serem versões, eram maravilhosas. Eu infelizmente tive de baixar e montar meus cds. Agora pretendo comprar. Mas será que terá os encartes originais com fotos e letras. Ou será apenas os 3 cds?

Ronaldo Mendonça disse...

Excelente mesmo. Nossa infância querida que já vai longe. .... heheheh. ..
Mas e o box? Tá maneiro? Tá com as capas originais?
Abração!
Ronaldo Mendonça.

Mauro Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mauro Ferreira disse...

O Blog e Ronaldo: não sei a resposta da pergunta que vocês me fizeram. Ainda não recebi a edição tripla. Abs, MauroF

Edu Chedid disse...

Eu vi numa loja aqui de Sp, parece um vinil, com os 3 cds dentro, inclusive na espessura.

Ronaldo Mendonça disse...

Mauro (e pessoal),
Já estou há tempos para comentar aqui.
Uma pena... mas não tem nada a ver com os discos da nossa época.
Tá tudo renovado.
Ok, tudo bem, o design foi feito para as crianças de hoje, tudo colorido (acho até que tem umas coisinhas pra colorir), e tal.
Mas nem sinal dos encartes do passado.
Não vi aberto na loja, mas no canto inferior direito da contracapa aparece uma foto com o conteúdo.
Quem sabe um dia a Sony os reedita com tudo original para as crianças de 40 anos, como nós?! :-D
Abração a todos!
Ronaldo Mendonça.

Giulio Benevides disse...

Eu comprei!!! Estou apenas frustrado por não conter uma única foto sequer dos integrantes e nem uma vaga lembrança dos encartes originais. Tenho vasculhado a internet para tentar entender o motivo, se está relacionado a direitos autorais ou porque as crianças de hoje não reconheceriam o grupo. De qualquer forma, ainda preservo meus discos e achei demais poder encontrar numa loja esta reedição.
Acho que é sonhar alto que reeditem os outros dois, afinal não foram tão bem sucedidos. Mas se alguém puder esclarecer a razão de não ter os encartes originais, estarão prestando um grande serviço à minha curiosidade rs

Giulio Benevides disse...

Eu comprei! Quando vi na loja meus olhos brilharam e não pensei duas vezes. Só fiquei frustrado quando abri o lacre e não vi uma foto sequer do grupo, menos ainda os encartes originais. Já vasculhei a internet para saber a razão e não encontrei nada. Talvez seja por direitos autorais ou porque as crianças de hoje não vão reconhecer.
Creio que seria sonhar alto que reeditem os outros dois álbuns, afinal não foram tão bem sucedidos. De qualquer forma, ainda preservo - e ouço - meus discos antigos. Se alguém tiver alguma informação precisa sobre as razões de não vir com os encartes originais, estarão prestando um serviço à minha curiosidade rs