Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 4 de outubro de 2014

Abravanel põe axé de Daniela e de Ivete no roteiro de hits do show 'Eclético'

Música do repertório de Daniela Mercury que transcendeu a gravação original do álbum Carnaval eletrônico (BMG, 2004) e que se tornou o maior sucesso da cantora baiana nos últimos dez anos e um dos últimos grandes hits nacionais da axé music, Maimbê Dandá (Carlinhos Brown e Mateus) ganha a voz de Tiago Abravanel. O incendiário tema está alocado no bloco axezeiro que encerra Eclético - show no qual o ator paulistano de musicais de teatro e novelas de TV se lança como cantor - e que inclui também Levada louca (Lula Carvalho, Gilson Babilônia e Alain Tavares, 1996), sucesso da Banda Eva na fase em que Ivete Sangalo era a vocalista do grupo. No bloco dos hits da axé music, Abravanel canta Babydoll de nylon (1983), bissexta parceria de Caetano Veloso com Robertinho de Recife. Entre hits do cantor carioca Tim Maia (1942 - 1998), interpretado pelo artista em bem-sucedido musical de teatro, Abravanel cantou sucessos de rock, pagode, MPB e sertanejo. Eclético teve sua estreia nacional na cidade do Rio de Janeiro (RJ) na noite de ontem, 3 de outubro de 2014, em apresentação que lotou a casa Vivo Rio. Em baile-show de tom populista, Abravanel alternou figurinos, jogou charme para a plateia e desfiou repertório alheio com teatralizações de gosto discutível - caracterizadas como "palhaçadas" em cena pelo próprio artista - e com arranjos executados por big-band formada por dez integrantes. Eis o miscigenado roteiro seguido por Tiago Abravanel  - em foto de Mauro Ferreira -  na estreia nacional do show Eclético:

1. Eu e você, você e eu (Juntinhos) (Tim Maia, 1980) /
2. O descobridor dos sete mares (Gilson Mendonça e Michel, 1983)
3. Vale tudo (Tim Maia, 1983) /
4. Bom senso (Tim Maia, 1975)
5. Mamãe passou açúcar em mim(Carlos Imperial, 1966)
6. Chocolate (Tim Maia, 1970)
7. Sossego (Tim Maia, 1978)
8. Guiné-Bissau, Moçambique e Angola Racional (Tim Maia, 1975)
9. Leva (Michael Sullivan e Paulo Massadas, 1984)
10. Eclético (Edu Tedeschi, 2014) - música lançada pelo cantor em single digital
11. Meu sangue ferve por você (Melody lady) (Mèlancolie) (J. Arel, Carrère e K. Pancol)
      (Versão em português de Serafim Costa Almeida, 1976)
12. O amor e o poder (The power of love)
      (Gunther Mende, Mary Susan Applegate, Candy DeRouge e Jennifer Rush, 1985)
      (Versão em português de Claudio Rabello, 1987)
13. Marrom bombom (Ronaldo Barcellos e Délcio Luiz, 1995)
14. Inaraí (Juninho e Salgadinho, 1998)
15. Depois do prazer (Sérgio Caetano e Chico Roque, 1997)
16. Evidências (José Augusto e Paulo Sérgio Valle, 1990)
17. Ilegal, imoral ou engorda (Roberto Carlos e Erasmo Carlos, 1976)
18. Negro gato (Getúlio Cortes, 1964)
19. Pro dia nascer feliz (Roberto Frejat e Cazuza, 1983)
20. Lilás (Djavan, 1984)
21. Certas coisas (Lulu Santos e Nelson Motta, 1984)
22. Lua de cristal (Michael Sullivan e Paulo Massadas, 1960)
23. We are Carnaval (Nizan Guanaes, 1991)
24. De brim (Edu Tedeschi, 2014) - música inédita em disco
25. Maimbê Dandá (Carlinhos Brown e Mateus, 2004)
26. Babydoll de nylon (Caetano Veloso e Robertinho de Recife, 1983)
27. Levada louca (Lula Carvalho, Gilson Babilônia e Alain Tavares, 1996)
Bis:
28. País tropical (Jorge Ben Jor, 1969)
29. Show das poderosas (Anitta, 2013)

Um comentário:

Mauro Ferreira disse...

Curta a página de Notas Musicais no Facebook e acompanhe as atualizações diárias do blog.