Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Sem esquecer Itamar, Anelis apresenta seu próprio som no RecBeat 2013

Recife (PE) - Em 2007, Anelis Assumpção foi uma das atrações do RecBeat, o festival que faz folia na Capital de Pernambuco, durante o Carnaval, com sua programação alternativa. Na ocasião, a filha de Itamar Assumpção (1949 - 2003) celebrou a obra de seu pai na companhia da banda Isca de Polícia e comprovou o quanto o compositor paulista era querido pelo público antenado do Recife (PE). Seis anos depois, a cantora e compositora voltou ao RecBeat para se apresentar na 18ª edição do festival realizado no Polo Mangue do Carnaval do Recife, situado no Cais da Alfândega. Mas, desta vez, para mostrar seu próprio som. Sem esquecer Itamar, reverenciado ao fim do show com a abordagem de Nego Dito (Itamar Assumpção, 1980), Anelis priorizou música de sua própria lavra, a maioria registrada em seu primeiro disco solo, Sou suspeita Estou sujeita Não sou santa (2011) - caso de Luz dos meus olhinhos (Anelis Assumpção, Rubi Assumpção e Jerry Espíndola). Com seu groove de densas camadas sonoras, Anelis Assumpção se apresentou na segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013, na terceira das quatro noites do festival, cuja programação da edição 2013 foi montada com shows de Karina Buhr, Tulipa Ruiz, Céu e BNegão & Seletores de Frequência, entre outros nomes internacionais.
Foto: Rodrigo Amaral
O blog Notas Musicais cobre o Carnaval do Recife (PE) a convite da Prefeitura do Recife.

3 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Recife (PE) - Em 2007, Anelis Assumpção foi uma das atrações do RecBeat, o festival que faz folia na Capital de Pernambuco, durante o Carnaval, com sua programação alternativa. Na ocasião, a filha de Itamar Assumpção (1949 - 2003) celebrou a obra de seu pai na companhia da banda Isca de Polícia e comprovou o quanto o compositor paulista era querido pelo público antenado do Recife (PE). Seis anos depois, a cantora e compositora voltou ao RecBeat para se apresentar na 18ª edição do festival realizado no Polo Mangue do Carnaval do Recife, situado no Cais da Alfândega. Mas, desta vez, para mostrar seu próprio som. Sem esquecer Itamar, reverenciado ao fim do show com a abordagem de Nego Dito (Itamar Assumpção, 1980), Anelis priorizou música de sua própria lavra, a maioria registrada em seu primeiro disco solo, Sou suspeita Estou sujeita Não sou santa (2011) - caso de Luz dos meus olhinhos (Anelis Assumpção, Rubi Assumpção e Jerry Espíndola). Com seu groove de densas camadas sonoras, Anelis Assumpção se apresentou na segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013, na terceira das quatro noites do festival, cuja programação da edição 2013 foi montada com shows de Karina Buhr, Tulipa Ruiz, Céu e BNegão & Seletores de Frequência, entre outros nomes internacionais.

Rafael M. disse...

Filha de peixe, peixinha é, já dizia aquela velha máxima. Acho Anelis super talentosa e inspiradora. Deve ter sido uma delícia poder ver um Carnaval com ela e com tantas feras do bamba que agitaram Recife. Esses shows de artistas consagrados no Carnaval deveriam OBRIGATORIAMENTE rodar o país inteiro!!!

Anônimo disse...

Perdi a Pedrita Anelis, mas não vou perder a Bam Bam Bam Céu.