Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 22 de março de 2014

Coleção 'O melhor de Elis Regina' põe nas bancas discos da fase Philips

Com lançamento programado para 23 de março de 2014, a Coleção Folha - O melhor de Elis Regina vai repor nas bancas reedições de 21 álbuns e quatro coletâneas da cantora gaúcha Elis Regina (1945 - 1982). Reapresentados fora de ordem cronológica na coleção organizada pelo jornalista Carlos Calado, os 25 discos - todos pertencentes ao catálogo da Universal Music, gravadora herdeira do acervo da Philips, companhia que editou os álbuns da intérprete de 1965 a 1978 - virão encartados em livros com arte padronizada. Tais livros apresentam inéditos textos que analisam cada disco e o contextualizam na vida e obra da cantora, além de reproduções de trechos de entrevistas de Elis. Nas bancas de 23 de março a 31 de agosto de 2014, os discos da coleção compreendem a parte mais expressiva da discografia de Elis, que começou a se transformar na maior cantora do Brasil a partir de seu ingresso na Philips. Quinto álbum de Elis, mas o primeiro gravado na companhia, Samba eu canto assim (1965) abre a coleção, sendo vendido juntamente - com preço promocional de R$ 16,90 - com Elis (1974), um dos títulos mais cultuados da discografia da cantora. Dos 21 álbuns, somente Elis especial - lançado em 1979 à revelia da cantora com sobras inéditas de discos anteriores - não integra a discografia oficial da artista, embora tenha sido editado na época como se fosse um LP inédito de Elis. Editor do blog Notas Musicais, Mauro Ferreira assina os textos dos álbuns Elis especial (1968), Elis, como e porquê (1969) e Elis in London (álbum de 1969, gravado e lançado na Inglaterra, tendo sido editado no Brasil somente em 1982), além dos textos dos dois volumes da compilação No céu da vibração, produzida pelo pesquisador Rodrigo Faour para ser embalada na caixa Elis anos 70, editada pela Universal Music em 2012 com reedições de álbuns de Elis. É possível adquirir a coleção completa com caixa (opcional) para abrigar os CDs.

8 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Com lançamento programado para 23 de março de 2014, a Coleção Folha - O melhor de Elis Regina vai repor nas bancas reedições de 21 álbuns e quatro coletâneas da cantora gaúcha Elis Regina (1945 - 1982). Reapresentados fora de ordem cronológica na coleção organizada pelo jornalista Carlos Calado, os 25 discos - todos pertencentes ao catálogo da Universal Music, gravadora herdeira do acervo da Philips, companhia que editou os álbuns da intérprete de 1965 a 1978 - virão encartados em livros com arte padronizada. Tais livros apresentam inéditos textos que analisam cada disco e o contextualizam na vida e obra da cantora, além de reproduções de trechos de entrevistas de Elis. Nas bancas de 23 de março a 31 de agosto de 2014, os discos da coleção compreendem a parte mais expressiva da discografia de Elis, que começou a se transformar na maior cantora do Brasil a partir de seu ingresso na Philips. Quinto álbum de Elis, mas o primeiro gravado na companhia, Samba eu canto assim (1965) abre a coleção, sendo vendido juntamente - com preço promocional de R$ 16,90 - com Elis (1974), um dos títulos mais cultuados da discografia da cantora. Dos 21 álbuns, somente Elis especial - lançado em 1979 à revelia da cantora com sobras inéditas de discos anteriores - não integra a discografia oficial da artista, embora tenha sido editado na época como se fosse um LP inédito de Elis. Editor do blog Notas Musicais, Mauro Ferreira assina os textos dos álbuns Elis especial (1968), Elis, como e porquê (1969) e Elis in London (álbum de 1969, gravado e editado na Inglaterra, tendo sido editado no Brasil somente em 1982), além dos textos dos dois volumes da compilação No céu da vibração, produzida pelo pesquisador Rodrigo Faour para ser embalada na caixa Elis anos 70, editada pela Universal Music em 2012 com reedições de álbuns de Elis. É possível adquirir a coleção completa com caixa (opcional) para abrigar os CDs.

Mauricio Barbosa disse...

Imperdível mesmo pra quem tem os dois Box por causa dos livros.Reparem que na coleção não tem o Dois na Bossa (N.1).

Mauricio Barbosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mauricio Barbosa disse...

Parece que os músicos barraram o lançamento do Dois na Bossa n.1, algo desse tipo

Carla Mariana disse...

Hum pra quem nunca vai achar todos os discos da Elis em boas condições nos sebos da vida, eu por exemplo, vou tentar adquirir todos. Pimentinha incrível desde sempre.

ADEMAR AMANCIO disse...

Grande lançamento,principalmente pelos livros.Afinal,a história recente do país passa pela voz de Elis Regina,que dizia:Eu sou uma repórter do meu tempo.

Sandro CS disse...

Mauro, sabe o motivo desta coleção não vir com a arte original das capas?

Fernando Lima disse...

Mauro, a remasterização dos discos da coleção é a mesma lançada nas 2 caixas de Elis, ou é a do box único lançado na década de 90?