Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

CD 'O som da Amazônia' ecoa guitarrada do septuagenário Mestre Solano

No embalo da revalorização nacional dos sons do Norte do Brasil, o compositor e guitarrista paraense José Feliz Solano Melo - o Mestre Solano, nome artístico que faz sentido para todos os músicos paraenses que aprenderam as lições deste pioneiro da guitarrada - ganha visibilidade fora do eixo nortista com a edição de seu 17º disco, O som da Amazônia (2013). Voltado para a guitarrada, o CD foi gravado com patrocínio obtido pelo artista no projeto Natura Musical - o que resultou em álbum produzido com conforto financeiro inédito em discografia que inclui discos feitos em gravadoras nacionais como Atração e as extintas Continental e RGE. Aos 73 anos de vida e seis décadas de carreira, Solano toca no CD repertório formado por 13 músicas. Sete são inéditas, dez são autorais e somente três foram feitas sem a assinatura de Solano. As três músicas são Batistando (de John Cabano), Rei Solano - tributo ao artista composto pelo violonista paraense Sebastião Tapajós, que toca na faixa -  e As belezas do Marajó, tema composto por Manoel Cordeiro, outro guitarrista referencial no universo musical do Pará. Cordeiro e Solano unem cordas na música. A guitarrada é o ritmo dominante no disco, dando o tom de faixas como Solaniando, mas O som da Amazônia também tem bolero (Lamento) e choro (Xodó do vovô, tema feito por Solano - em foto de Brunno Régis - para a neta Julienne).

2 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Visite a página de Notas Musicais no Facebook.

André Luís disse...

Delícia de músicas! Onde consigo baixar todo o CD ou comprá-lo?? No site só disponibilizaram 3 músicas para download.