Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quinta-feira, 11 de julho de 2013

Em 'Ylana', Queiroga vai de Alceu a Siba, passando por Capiba e Nação

Previsto pela gravadora Joia Moderna para ter sido lançado há alguns meses, o primeiro álbum da cantora pernambucana Ylana Queiroga - sobrinha do compositor Lula Queiroga e filha da também cantora Nena Queiroga com o Maestro Spok - chega ao mercado na segunda quinzena deste mês de julho de 2013, com o selo da Joia Moderna, mas com distribuição e marketing orquestrados pela própria Ylana Queiroga. No repertório do CD Ylana, dominado por músicas de compositores conterrâneos, a cantora vai de Alceu Valença (Pedras de sal, música lançada pelo autor em 1974 no LP Molhado de suor) a Siba (Tempo), passando por Capiba (Não quero mais, 1930) e Nação Zumbi (Toda surdez será castigada, 2007). Eis as músicas e compositores do CD Ylana, produzido por Yuri Queiroga, irmão da cantora e compositor da música Nublado:

1. Calcanhar (Manuca Bandini e Yuri Queiroga)
2. Toda surdez será castigada (Jorge Du Peixe, Pupillo, Lúcio Maia, Dengue e Junio Barreto)
3. Overlock (China)
4. Trancelim de marfim (Isaar)
5. Nublado (Yuri Queiroga)
6. Pedras de Sal (Alceu Valença)
7. Não quero mais (Capiba)
8. Tempo (Siba)
9. Duas cores (Felipe S)
10. Aquela rosa vermelha (Ortinho)
11. Loa da lagoa (Lula Queiroga, Mr. Jam e Lulu Oliveira)
12. Um dia (Guilherme Almeida)

7 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Previsto pela gravadora Joia Moderna para ter sido lançado há alguns meses, o primeiro álbum da cantora pernambucana Ylana Queiroga - sobrinha do compositor Lula Queiroga e filha da também cantora Nena Queiroga com o Maestro Spok - chega ao mercado na segunda quinzena deste mês de julho de 2013, com o selo da Joia Moderna, mas com distribuição e marketing orquestrados pela própria Ylana Queiroga. No repertório do CD Ylana, dominado por músicas de compositores conterrâneos, a cantora vai de Alceu Valença (Pedras de sal, música lançada pelo autor em 1974 no LP Molhado de suor) a Siba (Tempo), passando por Capiba (Não quero mais, 1930) e Nação Zumbi (Toda surdez será castigada, 2007). Eis as músicas e compositores do CD Ylana, produzido por Yuri Queiroga, irmão da cantora e compositor da música Nublado:

1. Calcanhar (Manuca Bandini e Yuri Queiroga)
2. Toda surdez será castigada (Jorge Du Peixe, Pupillo, Lúcio Maia, Dengue e Junio Barreto)
3. Overlock (China)
4. Trancelim de marfim (Isaar)
5. Nublado (Yuri Queiroga)
6. Pedras de Sal (Alceu Valença)
7. Não quero mais (Capiba)
8. Tempo (Siba)
9. Duas cores (Felipe S)
10. Aquela rosa vermelha (Ortinho)
11. Loa da lagoa (Lula Queiroga, Mr. Jam e Lulu Oliveira)
12. Um dia (Guilherme Almeida)

Fábio Passadisco disse...

Viva!

lurian disse...

A seleção de compositores é bacana, entre a tradição e a renovação.

Rafael M. disse...

Já deveria ter sido lançado, né? Mas gostei da seleção de faixas e da capa. Gosto da voz da cantora, resta aguardar o resultado final para ver como ficou.

aguiar_luc disse...

Maravilha! Louco pra devorá-lo!

Pele Preta Produções Artísticas disse...

PE na veia e de muita qualidade!
Ave, Ylana!

CN disse...

Toda sorte a esta gracinha de artista e menina que é Ylana e sua familia linda. Parabéns à Jóia Moderna pela iniciativa necessária e ousada.
Carlos Navas