Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 7 de abril de 2012

Balada de Arantes entra no CD de Fagner e sai do tributo da Joia Moderna

Há três anos sem lançar um CD, Fagner já finaliza o sucessor de Uma Canção no Rádio (Som Livre, 2009). Gravado desde o primeiro semestre de 2011 e previsto para chegar às lojas neste ano de 2012, o disco alinha no repertório a inédita Balada Fingida (parceria de Fagner com Fausto Nilo) e a regravação de Um Dia, Um Adeus - balada lançada por Guilherme Arantes em álbum de 1987 - em dueto com o compositor da canção. Aliás, Um Dia, Um Adeus foi a música que acabou saindo na última hora do repertório do tributo A Voz da Mulher na Obra de Guilherme Arantes, a ser lançado pela gravadora Joia Moderna neste mês de abril de 2012 via iTunes. Convidada pelo DJ Zé Pedro para pôr voz na balada (um dos maiores hits de Arantes na fase áurea dos anos 80), a cantora paulista Fabiana Cozza acabou não fazendo a sua gravação.

10 comentários:

Mauro Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mary disse...

Quem dera ser um peixe, para em ter límpido aquário mergulhar fazer borbulhas de amor Prá te encantar
Passar a noite em claro
Dentro de ti... kkkkkkkkk clássico!

Rafael disse...

Uma pena que a Fabiana Cozza não estará mais presente no tributo a Guilherme Arantes. Por quê ela deu pra trás no projeto? Bola fora dela. mas tem uma coisa aí que ai que não entendi.... O que tem a ver o Fagner com o disco de tributo do Zé Pedro da Jóia Moderna? Que eu sei só mulheres cantam nesse projeto... Será que Fagner seria o único homem que estaria no projeto? Medo...

Geraldo disse...

Fagner também gravou com Cauby para este novo disco. Também tem uma música inédita, chamada Baladas Fingidas que é muito bonita. Tomara que venha um belo disco por aí.

Rafael disse...

Por falar em projetos de tributos a artistas, li hoje no blog da Joyce que ela fará um show em tributo ao cantor e compositor Sidney Miller no próximo 17 de abril, às 20 horas no Instituto Moreira Salles. Há inclusive um flyer desse show no blog dela. Parece estar imperdível.

Geraldo disse...

Foi divulgado que a música com Cauby é Sangrando, de Gonzaguinha. Tive a oportunidade de ouvir Baladas Fingidas em uma apresentação. É muito bonita. Tomara que venha um bom cd por aí e que Fagner resolva trabalhá-lo. Soube que terá também parcerias com Chico Cesar e Zeca Baleiro.

Luca disse...

essa música não vai fazer falta no disco por que já foi muito gravada, entendo que o mais importante é mostrar músicas do Guilherme que não foram sucesso.

Anônimo disse...

Mary, essa música "Borbulhas de Amor" é do poeta Ferreira Gullar.
O mesmo que disse a certeira frase: " A arte só existe porque a vida em si não basta."
Portanto, o vamos perdoá-lo pela música.
Só não dá pra perdoar as besteiras que tem dito nos artigos dominicais da Folha de SP.
Mas aí é outro departamento.

Anônimo disse...

Porque a Fabiana desistiu? Alguém sabe?

André Luís disse...

Zé Henrique, o Ferreira Gullar não é o compositor original de "Borbulhas de amor", ele apenas fez a versão (praticamente uma tradução) da música "Burbujas de amor" do cantor e compositor dominicano Juan Luis Guerra.