Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


domingo, 18 de maio de 2014

Viúva de Jamelão, a compositora Delice dos Santos sai de cena no Rio

Viúva do cantor carioca José Bispo Clementino dos Santos (1913 - 2008), o popular Jamelão, a compositora carioca Delice Ferreira dos Santos (1926 - 2014) saiu de cena no Rio de Janeiro (RJ), aos 88 anos, na madrugada de hoje, 18 de maio, vítima de parada cardiorrespiratória. Assinando Ferreira dos Santos, ela foi parceira de Padeirinho no samba Linguagem do morro, lançado pelo próprio Jamelão em disco de 78 rotações por minuto editado em 1961, revivido por João Nogueira no álbum Boca do povo (1980) e regravado por Beth Carvalho (em 1996) e Chico Buarque (em 1997). Outro samba de Delice - Fechei a porta (1960), este em parceria com Sebastião Mota - ganhou as vozes de cantores como Miltinho, Elza Soares e Beth Carvalho.

2 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Viúva do cantor carioca José Bispo Clementino dos Santos (1913 - 2008), o popular Jamelão, a compositora carioca Delice Ferreira dos Santos (1926 - 2014) saiu de cena no Rio de Janeiro (RJ), aos 88 anos, na madrugada de hoje, 18 de maio, vítima de parada cardiorrespiratória. Como Ferreira dos Santos, ela foi parceira de Padeirinho no samba Linguagem do morro, lançado por João Nogueira no álbum Boca do povo (1980) e regravado por Beth Carvalho (em 1996) e Chico Buarque (em 1997). Outro samba de Delice - Fechei a porta (1960), parceria com Sebastião Mota - ganhou as vozes de cantores como Miltinho, Elza Soares e Beth Carvalho.

Clayton Moreira disse...

Uma pequena correção, Mauro: "Linguagem do morro" foi lançado por Jamelão em 78 rpm. de 1961.