Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


terça-feira, 1 de abril de 2014

Inédita de Marisa com Brown é a única novidade do álbum solo de Lucy Alves

♪ Música inédita assinada por Marisa Monte com Carlinhos Brown, Se você vai, eu vou é a única novidade do repertório do primeiro álbum solo da cantora paraibana Lucy Alves, uma das quatro finalistas da segunda temporada do programa The Voice Brasil (TV Globo, 2013). À venda a partir de hoje, 1º de abril de 2014, em edição da gravadora Universal Music, o disco Lucy Alves alinha basicamente no repertório regravações de músicas cantadas pela artista no programa. O álbum foi gravado no Rio de Janeiro (RJ), sob a produção de Alexandre Castilho. Entre sucessos nacionais oriundo da Nação Nordestina, Lucy rebobina Amor a perder de vista, música de autoria própria composta com o pai, José Hilton Alves, o Badu, com quem a cantora integrava o grupo paraibano Clã Brasil. Aliás, Amor a perder de vista já tem registro na discografia do Clã, tendo sido lançada pelo grupo de forró pé-de-serra em DVD e CD ao vivo de 2006. Incentivador de Lucy antes de a artista ganhar projeção nacional através do programa da TV Globo, o cantor e compositor pernambucano Alceu Valença participa do álbum, gravando com a artista o hit Tropicana (Alceu Valença e Vicente Barreto, 1982). Eis - na disposição do CD - as 13 músicas alocadas nas 12 faixas do álbum  Lucy  Alves:

1. De volta pro aconchego (Dominguinhos e Nando Cordel, 1985)
2. Frevo mulher (Zé Ramalho, 1979)
3. Gostoso demais (Dominguinhos e Nando Cordel, 1986) /

    Isso aqui tá bom demais (Dominguinhos e Nando Cordel, 1985)
4. Ai, que saudade d'ocê (Vital Farias, 1982)
5. Tropicana (morena Tropicana) (Alceu Valença e Vicente Barreto, 1982)
6. Olhos nos olhos (Chico Buarque, 1976)
7. Se você vai, eu vou (Carlinhos Brown e Marisa Monte) - inédita
8. Qui nem jiló (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, 1950)
9. Festa do interior (Moraes Moreira e Abel Silva, 1981)
10. Segue o Seco (Carlinhos Brown, 1994)
11. Disparada (Geraldo Vandré e Théo de Barros, 1966)
12. Amor a perder de vista (Lucy Alves e Badu, 2006)

6 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Música inédita assinada por Marisa Monte com Carlinhos Brown, Se você vai, eu vou é a única novidade do repertório do primeiro CD solo da cantora paraibana Lucy Alves, uma das quatro finalistas da segunda temporada do programa The Voice Brasil (TV Globo, 2013). À venda a partir de hoje, 1º de abril de 2014, em edição da gravadora Universal Music, o CD Lucy Alves alinha basicamente no repertório regravações de músicas cantadas pela artista no programa. O disco foi gravado no Rio de Janeiro (RJ), sob a produção de Alexandre Castilho. Entre sucessos nacionais oriundo da Nação Nordestina, Lucy rebobina Amor a perder de vista, música de sua autoria composta com seu pai, José Hilton Alves, o Badu, com quem a cantora integrava o grupo paraibano Clã Brasil. Aliás, Amor a perder de vista já tem registro na discografia do Clã, tendo sido lançada pelo grupo de forró pé-de-serra em DVD e CD ao vivo de 2006. Incentivador de Lucy Alves antes de a cantora ganhar projeção nacional via Globo, o cantor e compositor pernambucano Alceu Valença participa do CD, gravando com a artista seu hit Tropicana (Alceu Valença e Vicente Barreto, 1982). Eis as 13 músicas alocadas nas 12 faixas do CD Lucy Alves:

1. De volta pro aconchego (Dominguinhos e Nando Cordel, 1985)
2. Frevo mulher (Zé Ramalho, 1979)
3. Gostoso demais (Domigunhos e Nando Cordel, 1986) / Isso aqui tá bom demais (Dominguinhos e Nando Cordel, 1985)
4. Ai, que saudade d'ocê (Vital Farias, 1982)
5. Tropicana (morena Tropicana) (Alceu Valença e Vicente Barreto, 1982)
6. Olhos nos olhos (Chico Buarque, 1976)
7. Se você vai, eu vou (Carlinhos Brown e Marisa Monte) - inédita
8. Qui nem jiló (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, 1950)
9. Festa do interior (Abel Silva e Moraes Moreira, 1981)
10. Segue o Seco (Carlinhos Brown, 1994)
11. Disparada (Geraldo Vandré e Théo de Barros, 1966)
12. Amor à perder de vista (Lucy Alves e Badu, 2006)

Rafael M. disse...

Ela canta bem, mas não é um estouro como muitos acham que é. É apenas uma cantora ok. Nada de mais. Curioso para ouvir a canção da Marisa com o Brown, deve ter saído daí coisa boa.

Ricardo Moreira disse...

Também acho que ela é só uma cantora OK. O que mostra o nível da capacidade do Brasil em julgar um artista nesses programas de calouros. E que repertório mais preguiçoso, colocar as músicas do programa. Mas pelo menos ele segue uma coerência, já o CD do tal vencedor da temporada...

Ricardo Moreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
picoito disse...

A cantora Lucy Alves ótima. Ela sabe escolher as musicas, sabe fazer os arranjos, compõe, toca 9 instrumentos muito bem e, sobre tudo canta otimamente qualquer ritmo. Digo isso porque a conheço a bastante tempo. Adora os ritmos nordestinos porque são realmente os melhores, as melhores melodias. Ou querem que ela cante lepo loepo ou pira pira!?

Nina . disse...
Este comentário foi removido pelo autor.