Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 25 de abril de 2014

Caixa embala reedições de dois (raros) álbuns americanos de Wanda Sá

Idealizada pelo produtor musical carioca Marcelo Fróes para celebrar os 70 anos de vida e os 50 anos de carreira de Wanda Sá, a caixa Bossa nova - Anos 60 embala reedições de dois (até então raríssimos álbuns) gravados nos Estados Unidos por essa cantora paulista (de vivência carioca) projetada no mercado fonográfico em 1964 com a edição de seu primeiro álbum, Vagamente. Inéditos em CD no Brasil, Brasil '65 (1965) e Softly! (1965) são os dois álbuns norte-americanos reeditados na caixa juntamente com o cultuado Vagamente. Gravado com The Sergio Mendes Trio e a participação da violonista Rosinha de Valença (1941 -2004), Brasil '65 traz no repertório bilíngue - em português e (em versões em) inglês - músicas de Antonio Carlos Jobim (1927 - 1994), Baden Powell (1937 - 2000), João Donato e Vinicius de Moraes (1913 - 1980). Já Softly! traz Wanda cantando músicas desses mesmos compositores emergidos na onda da Bossa Nova - em time já sem Donato, mas reforçado com Carlos Lyra (Aruanda, parceria com Geraldo Vandré) e João Gilberto (Hoba la lá) - na companhia de orquestra regida pelo compositor e maestro norte-americano Jack Marshall (1921 - 1973). A produção é de David Cavanaugh. As reedições de Vagamente e Brasil '65 são turbinadas com faixas-bônus, originadas de gravações ao vivo. Produzida por Fróes para seu selo Discobertas, a caixa Bossa nova - Anos 60 tem lançamento oficial programado no Rio de Janeiro (RJ) para 29 de abril de 2014 com uma sessão de autógrafos na filial de Ipanema da Livraria da Travessa.

2 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Idealizada pelo produtor musical carioca Marcelo Fróes para celebrar os 70 anos de vida e os 50 anos de carreira de Wanda Sá, a caixa Bossa nova - Anos 60 embala reedições de dois até então raríssimos álbuns gravados nos Estados Unidos por essa cantora paulista (de vivência carioca) projetada no mercado fonográfico em 1964 com a edição de seu primeiro álbum, Vagamente. Inéditos em CD no Brasil, Brasil '65 (1965) e Softly! (1965) são os dois álbuns norte-americanos reeditados na caixa juntamente com o cultuado Vagamente. As reedições foram incrementadas com faixas-bônus. Produzida por Fróes para seu selo Discobertas, a caixa Bossa nova - Anos 60 tem lançamento oficial programado no Rio de Janeiro (RJ) para 29 de abril de 2014 com uma sessão de autógrafos na filial de Ipanema da Livraria da Travessa.

Rafael M. disse...

Belíssima caixa. Preciso de uma urgentemente!