Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Primeiro álbum de Gilson de Souza, de 1975, 'Pôxa' ganha edição em CD

Dando continuidade às reedições do catálogo da extinta gravadora Tapecar, o selo Discobertas - do produtor e pesquisador musical Marcelo Fróes - relança Pôxa, primeiro álbum do cantor e compositor Gilson de Souza, editado originalmente em 1975 com repercussão por conta do estouro da faixa-título. Paulista de Marília (SP), o artista despontou primeiramente como compositor, em 1973, quando Jair Rodrigues batizou o LP que lançou naquele ano com o nome de um belo samba de Souza, Orgulho de um Sambista, que chegou a fazer sucesso, sendo regravado 17 anos depois por Adriana Calcanhotto em seu primeiro álbum (Enguiço, 1990). Disco até então raríssimo, Pôxa volta às lojas no rastro da regravação por Zeca Pagodinho, em 2010, do  samba que deu nome ao disco, cujo repertório inclui Dor de Poeta e Ilusão Colorida.

3 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Dando continuidade às reedições do catálogo da extinta gravadora Tapecar, o selo Discobertas - do produtor e pesquisador musical Marcelo Fróes - relança Pôxa, primeiro álbum do cantor e compositor Gilson de Souza, editado originalmente em 1975 com repercussão por conta do estouro da faixa-título. Paulista de Marília (SP), o artista despontou primeiramente como compositor, em 1973, quando Jair Rodrigues batizou o LP que lançou naquele ano com o nome de um belo samba de Souza, Orgulho de um Sambista, que chegou a fazer sucesso, sendo regravado 17 anos depois por Adriana Calcanhotto em seu primeiro álbum (Enguiço, 1990). Disco até então raríssimo, Pôxa volta às lojas no rastro da regravação por Zeca Pagodinho, em 2010, do samba que deu nome ao disco, cujo repertório inclui Dor de Poeta e Ilusão Colorida.

Marcelo Barbosa disse...

Parabéns ao Marcelo por esse excelente trabalho de resgate. Não conheço esse disco do Gilson e comprarei como fiz com os da Beth e os da Elza. Excelente iniciativa, que venham muitas outras! Abs,

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

Davi Pinto disse...

Peço a Deus que continue abençoando este grande poeta, cantor, músico e acima de tudo um grande talento, esta obra pôxa fez parte da minha infância em Belém do Pará, minha mãe cantava lavando uma bacia de roupas e meu pai foi fã de Gilson de Souza, Que bom que você ainda está entre nós e fazendo sucesso, parabéns mestre.