Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quinta-feira, 23 de julho de 2015

Tributo a Santiago, na voz de Marques, 'Emilianamente' agrega Áurea e Nana

Cantor da noite carioca, o também compositor Guto Marques foi apresentado a Emílio Santiago (1946-2013) por Nana Caymmi. O trio se tornou amigo. O que torna natural a presença da cantora carioca em Emilianamente, CD em tributo a Santiago lançado hoje, 23 de julho de 2015, por Marques.  Em tons suaves, Nana canta com Marques Saigon (Cláudio Cartier, Paulo César Feital e Carão, 1985), música que alcançou seu pico de popularidade com a gravação feita por Emílio no álbum Aquarela brasileira 2 (Som Livre, 1989). Inédita, a música que batiza Emilianamente - CD gravado com arranjos e direção musical do maestro Ocimar de Paula - é samba-enredo de autoria de Marques e Paulo César Feital que alude nos versos a algumas músicas gravadas por Emílio, caso de Flamboyant, parceria de Jota Maranhão com Feital lançada pelo cantor em 1993 no sexto volume da série Aquarela brasileira. Flamboyant abre Emilianamente, disco em que, além de Nana, Guto Marques recebe convidados como a cantora carioca Áurea Martins - presente em Reciclar (Claúdio Cartier e Guto Marques, 2005) - e Altay Veloso, que participa de Essa fase do amor, parceria sua com Samuel Santana lançada por Emílio no já citado CD Aquarela brasileira 6 (Som Livre, 1996). Apesar das boas intenções, Emilianamente é tributo de tonalidade opaca que oferece interpretações pálidas sem o menor resquício do brilho do canto lapidar de Emílio Santiago.

16 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Cantor da noite carioca, o também compositor Guto Marques foi apresentado a Emílio Santiago (1946-2013) por Nana Caymmi. O trio se tornou amigo. O que torna natural a presença da cantora carioca em Emilianamente, CD em tributo a Santiago lançado hoje, 23 de julho de 2015, por Marques. Em tons suaves, Nana canta com Marques Saigon (Cláudio Cartier, Paulo César Feital e Carão, 1985), música que alcançou seu pico de popularidade com a gravação feita por Emílio no álbum Aquarela brasileira 2 (Som Livre, 1989). Inédita, a música que batiza Emilianamente - CD gravado com arranjos e direção musical do maestro Ocimar de Paula - é samba-enredo de autoria de Marques e Paulo César Feital que alude nos versos a algumas músicas gravadas por Emílio, caso de Flamboyant, parceria de Jota Maranhão com Feital lançada pelo cantor em 1993 no sexto volume da série Aquarela brasileira. Flamboyant abre Emilianamente, disco em que, além de Nana, Guto Marques recebe convidados como a cantora carioca Áurea Martins - presente em Reciclar (Claúdio Cartier e Guto Marques, 2005) - e Altay Veloso, que participa de Essa fase do amor, parceria sua com Samuel Santana lançada por Emílio no já citado CD Aquarela brasileira 6 (Som Livre, 1996). Apesar das boas intenções, Emilianamente é tributo de tonalidade opaca que oferece interpretações pálidas sem o menor resquício do brilho do canto lapidar de Emílio Santiago.

Marcelo disse...

Mania terrível que as pessoas tem de comparar a voz do homenageado com quem faz o tributo. Emilio foi e é maravilhoso com seu timbre e veludo na voz mas o Guto Marques fez bonito apresentando um belo tributo ao amigo Emilio!!

italo vinicius disse...

Umas das vozes mais lindas da nossa música interpretar canções que ficaram marcadas por suas interpretações não é tarefa fácil

Rafael M. disse...

Excelente time de estrelas participando desse disco... Onde tem Nana Caymmi, tem coisa boa.

Rafael M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafael M. disse...

Concordo com o Marcelo... Creio que este trabalho esteja sensacional... Não pode dar nada errado onde tem Áurea Martins, Nana Caymmi e Emílio Santiago... Tenho certeza de que este disco (que infelizmente não se acha em lugar algum para comprar) está uma delícia de se ouvir. Belíssima homenagem do Guto ao mestre Emílio.

Luca disse...

nunca vi esse disco aqui em loja de São Paulo

Rafael M. disse...

Gostaria de saber qual é a relação de faixas desse disco, mas infelizmente não terei resposta...

Marcelo disse...

Flamboyant, Bateu Pra Trás, Dias de Lua, É Demais Pra Mim, Reciclar, Mulher, Perfume Siamês, Kizomba, Mascarada, Essa Fase do Amor, Tenderly/ Misty, Perdido de Amor, Saigon, Tendência e Emilianamente.

Rafael M. disse...

Obrigado, Marcelo! Você tem o CD?

Rafael M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelo disse...

Tenho sim Rafael!!

Rafael M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafael M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ADEMAR AMANCIO disse...

Tem gente achando que o mundo deva girar em função de suas questiúnculas.

Rafael M. disse...

Segue a relação de faixas do disco:

1. Flamboyant (Jota Maranhão/Paulo César Feital)
2. Bateu Pra Trás (João Donato/Lysias Ênio)
3. Dias de Lua (Cláudio Cartier/Marco Aurélio/Paulo César Feital) Participação: Cláudio Cartier
-É Demais Pra Mim (Cláudio Cartier/Marco Aurélio)
4. Reciclar (Cláudio Cartier/Guto Marques) Participação: Áurea Martins
5. Mulher (Custódio Mesquita/Sady Cabral)
6. Perfume Siamês (Altay Veloso/Paulo César Feital)
7. Kizomba, Festa da Raça (Unidos de Vila Isabel-Samba-Enredo 1988) (Rodolpho/Jonas/Luiz Carlos da Vila)
8. Mascarada (Zé Keti/Élton Medeiros)
9. Essa Fase do Amor (Altay Veloso/Samuel Santana) Participação: Altay Veloso
10. Tenderly (Walter Gross/Jack Lawrence)
11. Perdido de Amor (Luiz Bonfá)
12. Saigon (Cláudio Cartier/Paulo César Feital/Carlão) Participação: Nana Caymmi
13. Tendência (Dona Ivone Lara/Jorge Aragão)
14. Emilianamente (Guto Marques/Paulo César Feital)

Não consigo entender como o Mauro não gostou do álbum... O disco é uma delícia de se ouvir, da primeira a última faixa...