Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quarta-feira, 15 de julho de 2015

Duo Salimanga lança primeiro álbum, 'Quase treze', com aval de Luiz Bueno

"Salimanga, sal e manga, nos remete à infância, tempos de felicidade, de liberdade e de esperanças. Já é um sucesso verdadeiro que talvez não toque no rádio ou na televisão, mas que certamente vai tocar nossa alma e nosso coração". A frase faz parte de texto de Luiz Bueno, violonista integrante do Duofel. Bueno saúda com o texto o lançamento independente de Quase treze, primeiro álbum do duo de música instrumental Salimanga, formado por BC Araújo (violão) e Paulo Rogério (saxes alto e tenor, além de clarineta). Egressos do grupo brasiliense Móveis Coloniais de Acaju, BC e Paulo tocam repertório inédito e autoral em Quase treze, disco produzido pelo saxofonista Sérgio Galvão. Azeitado, o som do Salimanga é pautado pelo jazz, como sinalizam músicas como James Cockroach (BC Araújo), mas evita jogar nota fora. Mas é um jazz à moda brasileira, como já explicitam os títulos das composições Frevo espanhol (BC Araújo), Sambou o gringo (BC Araújo), Valseando em choro (BC Araújo) e Vela de Santo Amaro (BC Araújo). Mas há espaço para o lirismo de Lembrança de Ana (BC Araújo e Paulo Rogério). Detalhe: a faixa Um trem para Minas (BC Araújo e Paulo Rogério) é dedicada ao Duofel.  O CD Quase treze tem 10 músicas.

5 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ "Salimanga, sal e manga, nos remete à infância, tempos de felicidade, de liberdade e de esperanças. Já é um sucesso verdadeiro que talvez não toque no rádio ou na televisão, mas que certamente vai tocar nossa alma e nosso coração". A frase faz parte de texto de Luiz Bueno, violonista integrante do Duofel. Bueno saúda com o texto o lançamento independente de Quase treze, primeiro álbum do duo de música instrumental Salimanga, formado por BC Araújo (violão) e Paulo Rogério (saxes alto e tenor, além de clarineta). Egressos do grupo brasiliense Móveis Coloniais de Acaju, BC e Paulo tocam repertório inédito e autoral em Quase treze, disco produzido pelo saxofonista Sérgio Galvão. Azeitado, o som do Salimanga é pautado pelo jazz, como sinalizam músicas como James Cockroach (BC Araújo), mas evita jogar nota fora. Mas é um jazz à moda brasileira, como já explicitam os títulos das composições Frevo espanhol (BC Araújo), Sambou o gringo (BC Araújo), Valseando em choro (BC Araújo) e Vela de Santo Amaro (BC Araújo). Mas há espaço para o lirismo de Lembrança de Ana (BC Araújo e Paulo Rogério). Detalhe: a faixa Um trem para Minas (BC Araújo e Paulo Rogério) é dedicada ao Duofel. O CD Quase treze tem 10 músicas.

Rafael M. disse...

Segue a relação de faixas do disco:

1. Heitor Chegou
2. Bailando A Dois
3. Um Trem Pra Minas (BC Araújo/Paulo Rogério)
4. Vela de Santo Amaro (BC Araújo)
5. Quase Treze
6. Frevo Espanhol (BC Araújo)
7. Lembrança de Ana (BC Araújo/Paulo Rogério)
8. Valseando Em Choro (BC Araújo)
9. James Cockroach (BC Araújo)
10. Sambou O Gringo (BC Araújo)

Mauro, você poderia informar para mim quem são os compositores de "Heitor Chegou", "Bailando A Dois" e "Quase Treze"? Por favor, me responda sobre isso, pois você responde a todos que deixam comentários aqui...

Rafael M. disse...

O álbum completo está disponível para download gratuito pelo duo no Soundcloud.

Bruno César Araújo disse...

Olá Rafael, vamos lá:

Heitor Chegou - BC Araújo e Paulo Rogério
Bailando a Dois - BC Araújo
Quase Treze - BC Araújo

É isso! qualquer dúvida a respeito do Salimanga, acesse www.salimanga.com

Abraço!
BC

Rafael M. disse...

Obrigado pela informação, Bruno! Abraços.