Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quinta-feira, 16 de julho de 2015

Voz brasileira de tributo a Amália, Caetano canta fado de 1970 com Carminho

Caetano Veloso é o único representante brasileiro do time de intérpretes convocados para gravar participação no CD Amália - As vozes do fado, disco idealizado em tributo à cantora portuguesa Amália Rodrigues (1920 - 1999), um dos maiores nomes do fado. Em dueto com Carminho, o cantor e compositor baiano dá voz a um fado lançado por Amália há 45 anos no álbum Com que voz, lançado em Portugal em março de 1970. Trata-se do fado Naufrágio, cuja melodia foi criada por Alain Oulman (1928 - 1990) - um dos compositores mais importantes da discografia de Amália - a partir de versos da poeta carioca Cecília Meireles (1901 - 1964). O dueto de Caetano com Carminho foi gravado em estúdio do Rio de Janeiro (RJ). Com capa assinada pelo artista português Alexandre Farto, conhecido pelo nome artístico de Vihls e por sua arte nas ruas de Lisboa, o álbum Amália  -  As vozes do fado chega a partir de amanhã, 17 de julho de 2015, ao mercado do disco.

5 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Caetano Veloso é o único representante brasileiro do time de intérpretes convocados para gravar participação no CD Amália - As vozes do fado, disco idealizado em tributo à cantora portuguesa Amália Rodrigues (1920 - 1999), um dos maiores nomes do fado. Em dueto com Carminho, o cantor e compositor baiano dá voz a um fado lançado por Amália há 45 anos no álbum Com que voz, lançado em Portugal em março de 1970. Trata-se do fado Naufrágio, cuja melodia foi criada por Alain Oulman (1928 - 1990) - um dos compositores mais importantes da discografia de Amália - a partir de versos da poeta carioca Cecília Meireles (1901 - 1964). O dueto de Caetano com Carminho foi gravado em estúdio do Rio de Janeiro (RJ). Com capa assinada pelo artista português Alexandre Farto, conhecido pelo nome artístico de Vihls e por sua arte nas ruas de Lisboa, o álbum Amália - As vozes do fado chega a partir de amanhã, 17 de julho de 2015, ao mercado do disco.

Rafael M. disse...

Será um dueto interessantíssimo... Carminho é uma das maiores e melhores vozes do fado atual...

lurian disse...

Carminho é um primor. Também gosto muito da Ana Moura e da Joana Amendoeira.

Douglas Carvalho disse...

Os fadistas arrasam.

Dona Emengarda disse...

Para cantar Amalia eu preferia que a voz brasileira tivesse sido a de Maria Berhânia!