Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


terça-feira, 28 de julho de 2015

Fred Martins edita no Brasil o CD lusitano 'Para além do muro do meu quintal'

Gravado pelo cantor e compositor fluminense Fred Martins em Lisboa, Portugal, com produção do pianista e arranjador açoriano Paulo Borges, o álbum Para além do muro do meu quintal está sendo lançado no Brasil pelo selo paulistano Sete Sóis com distribuição da Tratore. O título Para além do muro do meu quintal vem de verso do poema Noite de São João, escrito por Alberto Caeiro - um dos heterônimos do poeta português Fernando Pessoa (1888 - 1935) - e musicado por Martins para gravação ao vivo feita em 2007 no CD e DVD Tempo afora (Eldorado, 2008). Noite de São João reaparece em Para além do muro do meu quintal, CD que abre com a música inédita Terras do sem fim, parceria de Martins com Roberto Bozzetti gravada com a participação do cantor paulistano Renato Braz. A música versa sobre a Amazônia, tendo sido feita com inspiração no livro de poesias Cobra Norato, publicado em 1931 pelo poeta gaúcho Raul Bopp (1898 - 1984). No disco, Martins dá nova voz a sucessos de sua obra autoral como Novamente - parceria com Alexandre Lemos, lançada por Lemos em disco de 1981, mas propagada a partir de 1998 na gravação feita por Ney Matogrosso - e Flores (Fred Martins e Marcelo Diniz), sucesso na voz de Zélia Duncan em 2001. Lançado por Maria Rita no álbum Segundo (Warner Music, 2005), o samba Sem aviso (Fred Martins e Francisco Bosco) também figura no repertório do disco lusitano. Já O samba me diz (Fred Martins e Marcelo Diniz,  2003) é rebobinado com a adesão da cantora cabo-verdiana Nancy Vieira.

Um comentário:

Mauro Ferreira disse...

♪ Gravado pelo cantor e compositor fluminense Fred Martins em Lisboa, Portugal, com produção do pianista e arranjador açoriano Paulo Borges, o álbum Para além do muro do meu quintal está sendo lançado no Brasil pelo selo paulistano Sete Sóis com distribuição da Tratore. O título Para além do muro do meu quintal vem de verso do poema Noite de São João, escrito por Alberto Caeiro - um dos heterônimos do poeta português Fernando Pessoa (1888 - 1935) - e musicado por Martins para gravação ao vivo feita em 2007 no CD e DVD Tempo afora (Eldorado, 2008). Noite de São João reaparece em Para além do muro do meu quintal, CD que abre com a música inédita Terras do sem fim, parceria de Martins com Roberto Bozzetti gravada com a participação do cantor paulistano Renato Braz. A música versa sobre a Amazônia, tendo sido feita com inspiração no livro de poesias Cobra Norato, publicado em 1931 pelo poeta gaúcho Raul Bopp (1898 - 1984). No disco, Martins dá nova voz a sucessos de sua obra autoral como Novamente - parceria com Alexandre Lemos, lançada por Lemos em disco de 1981, mas propagada a partir de 1998 na gravação feita por Ney Matogrosso - e Flores (Fred Martins e Marcelo Diniz), sucesso na voz de Zélia Duncan em 2001. Lançado por Maria Rita no álbum Segundo (Warner Music, 2005), o samba Sem aviso (Fred Martins e Francisco Bosco) também figura no repertório do disco. Já O samba me diz (Fred Martins e Marcelo Diniz, 2003) é rebobinado lusitano com a adesão da cantora cabo-verdiana Nancy Vieira.