Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 24 de julho de 2015

Roberta Sá apresenta 'Delírio' em setembro com a distribuição da Som Livre

Delírio é o título do sexto álbum oficial da cantora potiguar Roberta Sá (em foto de Daryan Dornelles). O lançamento está confirmado para setembro de 2015 em edição do selo MP,B Discos distribuída pela gravadora Som Livre. Clique aqui para conhecer seis das 11 músicas reunidas no CD.

10 comentários:

Mauro Ferreira disse...

♪ Delírio é o título do sexto álbum oficial da cantora potiguar Roberta Sá (em foto de Daryan Dornelles). O lançamento está confirmado para setembro de 2015 em edição do selo MP,B Discos distribuída pela gravadora Som Livre. Clique aqui para conhecer seis das 11 músicas reunidas no CD.

Rafael M. disse...

Gostei do título do álbum... Já poderia nos apresentar a capa do mesmo... Na expectativa por esse seu novo trabalho. Pena que só sairá ainda em setembro...

Marcelo disse...

O cd promete...Roberta merece um disco a altura do seu talento que é gigante. Que venha o cd!!!

Luca disse...

esse título não me diz nada diante do repertório que já foi divulgado

Pedro Progresso disse...

só eu achei essa capa uma derivaçao da capa de "Coraçao a batucar" de Maria Rita?

Mauro Ferreira disse...

Pedro, essa foto faz parte do material promocional do disco, mas não é a capa de 'Delírio'. abs

Pedro Progresso disse...

ainda bem. pq alem fo bafafa q ja teve de repertorio ainda ia ter mais essa...

Antonio Fausto disse...

Ela vai gravar o samba da Marina Lima, "Da Gávea"?

Jose Augusto disse...

Sinceramente não entendi!!!
Achei o álbum horroroso!
Esta falatando alguma coisa, não apeteceu em nada, não atendeu às minhas expectativas.
Depois do fiasco de "Segunda Pele", achei que ela voltaria às suas origens, afinal gostamos de Roberta sá pelo que ela é: voz centrada, doce e imponente!
Achei o album extremamente comercial, parece que ela desaprendeu a cantar ou sera influencia da gravadora??? Aposto o que quiserem que no mínimo terá três musicas em novelinhas globais!
Vendo que ela tentou até voltar as raizes, mas essa mistura de "MPB Contemporânea" não combina com ela. A letra de Adriana é espetacular, bem autêntica, Martinho compôs uma musica excelente, mas nao condiz com o proposto. Fado não combina em nada com ela, mas o pior é fazer samba groove e ainda virar título do album??? Nússss
Até o primeiro album (não oficial) que ela interpreta Cartola, Ary Barroso e Noel Rosa esta melhor que este, o Braseiro e Que Belo estranho dia pra se ter alegria, que por sinal é o melhor, foi produzido pelo marido Pedro Luis, excelente, quando interpretou Roque Ferreira, fiquei mais apaixonado.
Mas enfim, nao quero influenciar nos gostos, este album ficou péssimo.

Jose Augusto disse...
Este comentário foi removido pelo autor.