Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Warner reedita oito álbuns de Pepeu e lança inédito disco ao vivo de 1979

Parte expressiva da discografia solo de Pepeu Gomes volta ao catálogo no início de outubro de 2011 em reedições produzidas pela Warner Music. Juntamente com as reedições, vendidas de forma avulsa, a gravadora põe nas lojas um inédito disco ao vivo, Eu Não Procuro o Som, que registra show feito pelo guitarrista no Teatro Tereza Rachel, no Rio de Janeiro (1979), em 1979. A coleção de nove títulos celebra os 45 anos de carreira fonográfica do artista, que gravou seu primeiro disco - um compacto simples com sua primeira banda profissional, Os Minos - em 1966. Eis os nove álbuns de Pepeu Gomes que integram a coleção da Warner Music:

* Na Terra a Mais de Mil (1979)
* Eu Não Procuro o Som (1979)
* Pepeu Gomes ao Vivo - 14º Montreux Jazz Festival (1980)
* Pepeu Gomes – Calor Humano (1981)
* Um Raio Laser (1982)
* Pedra Não É Gente Ainda (1988)
* On the Road (1989)
* Moraes e Pepeu no Japão (1991)
* Pepeu Gomes – Sexy Yemanjah (1993)

12 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Parte expressiva da discografia solo de Pepeu Gomes volta ao catálogo no início de outubro de 2011 em reedições produzidas pela Warner Music. Juntamente com as reedições, vendidas de forma avulsa, a gravadora põe nas lojas um inédito disco ao vivo, Eu Não Procuro o Som, que registra show feito pelo guitarrista no Teatro Tereza Rachel, no Rio de Janeiro (1979), em 1979. A coleção de nove títulos celebra os 45 anos de carreira fonográfica do artista, que gravou seu primeiro disco - um compacto simples com sua primeira banda profissional, Os Minos - em 1966. Eis os nove álbuns de Pepeu Gomes que integram a coleção da Warner Music:

* Na Terra a Mais de Mil (1979)
* Eu Não Procuro o Som (1979)
* Pepeu Gomes ao Vivo - 14º Montreux Jazz Festival (1980)
* Pepeu Gomes – Calor Humano (1981)
* Um Raio Laser (1982)
* Pedra Não É Gente Ainda (1988)
* On the Road (1989)
* Moraes e Pepeu no Japão (1991)
* Pepeu Gomes – Sexy Yemanjah (1993)

Chabacano disse...

O Pepeu conseguiu produzir alguns 'hits' com sabor pop que eu gosto muito, como "Sexy Yemanjah", "Meu Coração", "Eu Também Quero Beijar" e "Deusa do Amor (E Foi Assim)", mas sobre a qualidade dos seus álbuns solo eu não sei nada. De qualquer forma, sejam eles tidos como bons ou fracos, é importante que se relance sua discografia no mercado. Eu não compraria, mas com certeza muita gente vai se interessar.

Cartas Entre Ameegas disse...

A Série 2 Momentos não consegui incluir a faixa "Voz do Coração" do álbum Na Terra A mais de mil por problemas no tape. Espero profundamente que a faixa seja reposta neste relançamento!
Dando pulos de alegria!
Pena que o Energia Positiva da Sony Music não voltará em catálogo em formato digital na íntegra.

Cartas Entre Ameegas disse...

Outra ressalva: Onde está o álbum "Moraes & Pepeu"? A Sony deveria colaborar pra relançarem também o "Geração de Som", não é?

Zé Henrique disse...

Tenho um cd duplo do Pepeu só com músicas instrumentais.
Como não curto muito o que ele canta, foi um belo achado.
Grande guitarrista!

Cartas Entre Ameegas disse...

Outro comentário que julgo importante: Existem três versões para "O Mal É O Que Sai da Boca do Homem". A primeira edição que saiu em vinil no LP ao vivo em Montreux, saiu com o Pepeu cantando a letra.Como a canção foi censurada, uma nova edição saiu na segunda remessa do LP completamente em instrumental.A versão de estúdio, saiu em compacto com a Baby Consuelo.Qual será a versão que irá constar no relançamento...Falando na Baby...Por que a Warner ainda não lançou de maneira devida os seus 5 álbuns?

Gill disse...

Que milagre uma gravadora relançar um trabalho tão autoral e genial. Pepeu é um guitarrista elogiado mundo a fora. Grande música, grande baiano. Adoro sua guitarra gosto d sua voz. "Masculino e Feminino" é um clássico que precisa ser revisitado.

Luca disse...

Tá faltando o 'Masculino feminino',que é dessa fase dos anos 80. Não vai sair na coleção, ou foi o Mauro que esqueceu de listar esse disco?

lurian disse...

Pepeu é um dos maiores guitarristas deste país. Faz jus essa volta aos catálogos. E, bem lembrado sobre Baby, uma grande voz que poderia ainda fazer um disco soberbo de jazz/blues ou mesmo de hinos standarts americanos já que ultimamente vive me louvores...

Cartas Entre Ameegas disse...

Luca, "Masculino e Feminino" saiu pela Sony Music/CBS, e já saiu em CD pela série "Autêntico".

Cartas Entre Ameegas disse...

Já estão em pré-venda no site da Saraiva por R$16,90 cada!

KL disse...

o álbum de estreia, de 1979, é cinco estrelas, mas é também o único indispensável.