Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


domingo, 25 de setembro de 2011

Questões autorais inviabilizam reedições de álbuns dos Novos Baianos

Questões relativas a direitos autorais inviabilizam, por enquanto, as reedições dos dois álbuns gravados pelo grupo Novos Baianos na extinta gravadora Tapecar, Caia na Estrada e Perigas Ver (1976) e Praga de Baiano (1977), ambos gravados já sem Moraes Moreira. Tais reedições já tinham sido programadas pelo selo Discobertas para o primeiro semestre deste ano de 2011.

16 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Questões relativas a direitos autorais inviabilizam, por enquanto, as reedições dos dois álbuns gravados pelo grupo Novos Baianos na extinta gravadora Tapecar, Caia na Estrada e Perigas Ver (1976) e Praga de Baiano (1977), ambos gravados já sem Moraes Moreira. Tais reedições já tinham sido programadas pelo selo Discobertas para o primeiro semestre deste ano de 2011.

KL disse...

por que será que, na Música, sempre há um desmancha-prazer de plantão? A Cultura pertence a todos, publicou deixe livre para o público apreciar. Quantos milhões devem ter pedido para reeditar isso?
Tudo nesse país é muita grana e pouca grama.

Fabio Gomes disse...

Que questões são essas? Ex-integrantes da banda detalharam?

Cláudio disse...

É uma pena! Acho que perdem todos; os artistas perdem oportunidade de ter seus trabalhos vistos e propagados. Nós perdemos a chance de apreciarmos estes discos.
Torço para que o impasse seja resolvido e os discos sejam liberados.

Cláudio disse...

Mauro,

E os discos de Bezerra da Silva que seriam reeditados pela Discobertas? Alguma notícia? Será que também estão com problemas autorais?

Zé Henrique disse...

Deve ser a pastora Baby querendo tirar a palavra Praga de um disco e o dragão do outro.
Bem, pelo menos pelo teor da nota - "por enquanto" - o lançamento está adiado e não cancelado.

PS: Valeu a notícia, Mauro.

Meu Caro Vinho disse...

Não dá pra acreditar numa coisa dessas.Tudo bem que o Praga de Baiano já saiu em CD, mas o Caia Na Estrada é o mais aguardado...

Dulcíssima Prisão disse...

Certamente, espero edição esmerada de "Farol da Barra".

Carla disse...

Nem conheço direito novos baianos, e o povo nao quer deixar eu conhecer.Povo chato.

PS: Pastora Baby KKKKK...É a "MENINA NAO DANÇA" MAIS

alittlemoreblue disse...

É mesmo o farol da barra! Também adoro aquele disco.
Pena nunca mais ter ouvido.

KL disse...

Na minha opinião, "Farol da Barra" é o melhor álbum depois de "Acabou Chorare", mas não saiu pela Tapecar, e sim pela CBS, cujo acervo fantástico, infelizmente, continua adormecido nos arquivos, e os relançamentos em cd dela hoje se restringem apenas à discografia de Roberto Carlos.
E, assim como a Tapecar, a CBS esconde tesouros de todos os gêneros. Mereceria, pelo menos, uns 100 títulos garimpados nos mesmos moldes das fantásticas séries Odeon e RCA quando ambas completaram o centenário.

Zé Henrique disse...

O Farol da Barra tem músicas muito boas e outras bem ruins.
Mas, realmente, as boas são de fato excelentes.
99 vezes
Vende-se sonhos
na fogueira
a faixa título...

André Queiroz disse...

KL

A Sony( que detém o acervo da antiga CBS) sempre explorou muito mal esse acervo.Há titulos maravilhosos de Luiz Carlos Vinhas,Doris Monteiro, Diagonais,Tony & Frankye,Dom Salvador,Robson Jorge, Orquestra Afro-Brasileira, Pedro Santos,Impacto Cinco, João de Aquino,Os Cariocas, Tito Madi, Breno Sauer,o catálogo de forró dos anos 60(Trio Nordestino, Marinês,Coroné Ludugero,série Pau de Sebo,etc...) e da moderna música nordestina dos anos 70(Catia de França,Robertinho do Recife,Cirino,Terezinha de Jesus,Amelinha,etc...).De vez em quando acontece um milagre como o rarissimo album dos Ipanemas que saiu pela Livraria Cultura e o igualmente raríssimo Massafeira que saiu encartado num livro sobre esse evento.Uma pena que alguns titulos que eu citei nunca vão sair por questões legais.

KL disse...

André,

Concordo com você em todos os títulos citados, e ainda há outras raridades de Bossa Nova cujos arquivos, de tão raros, nem mesmo os blogs disponibilizam, como é o caso de certos álbuns Rosana Toledo, Thelma, Tito Madi, Miltinho, entre tantos. É impressonante como ainda há toneladas de coisas boas injustamente arquivadas. Quem perde mais com é a Cultura Brasileira e, repito, as edições limitadas são uma saída para enfrentar a onda do download, pois, no meu caso, só ouço música virtual se eu não consigo comprar a real.

Abraço!

Zé Henrique disse...

Esse dos Ipanemas é mesmo sensacional, André!

Meu Caro Vinho disse...

Gente...O Farol da Barra já saiu em CD pela série "Autêntico"...Aliás, o único CD dos Novos Baianos que ainda não saiu em formato digital é mesmo o "Caia Na Estrada"...Torcendo para que o selo que vai lançá-lo reproduza o encarte do LP.