segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Peter Gabriel embala seu cancioneiro com orquestra no CD 'New Blood'

Peter Gabriel vai lançar seu nono álbum de estúdio, New Blood, em 11 de outubro de 2011. No disco, o cantor e compositor embala em formato orquestral músicas de seu repertório como Digging in the Dirt, Don't Give Up, Downside Up e Intruder. As 12 músicas foram gravadas com orquestra de 46 músicos sob a direção de Ben Foster. Os arranjos orquestrais são obras do compositor e maestro John Metcalfe, além do próprio Peter Gabriel e da New Blood Orchestra. Além das 12 canções do álbum, há música adicional, Solsbury Hill. Eis as faixas de New Blood

1. The Rhythm of the Heart
2. Downsidad up - com Melanie Gabriel
3. San Jacinto
4. Intruder
5. Wallflower
6. In your Eyes
7. Mercy Street
8. Red Rain
9. Darkness
10. Don't Give up - com Ane Brun
11. Digging in the Dirt
12. A Quiet Moment
13. Solsbury Hill (faixa-bônus)

2 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Peter Gabriel vai lançar seu nono álbum de estúdio, New Blood, em 11 de outubro de 2011. No disco, o cantor e compositor embala em formato orquestral músicas de seu repertório como Digging in the Dirt, Don't Give Up, Downside Up e Intruder. As 12 músicas foram gravadas com orquestra de 46 músicos sob a direção de Ben Foster. Os arranjos orquestrais são obras do compositor e maestro John Metcalfe, além do próprio Peter Gabriel e da New Blood Orchestra. Além das 12 canções do álbum, há música adicional, Solsbury Hill. Eis as faixas de New Blood:


1. The Rhythm of the Heart
2. Downsidad up - com Melanie Gabriel
3. San Jacinto
4. Intruder
5. Wallflower
6. In your Eyes
7. Mercy Street
8. Red Rain
9. Darkness
10. Don't Give up - com Ane Brun
11. Digging in the Dirt
12. A Quiet Moment
13. Solsbury Hill (faixa-bônus)

Chabacano disse...

Deve ser muito bom, mas ele poderia ter variado mais na escolha do repertório. As 4 baladas de "So" ("In Your Eyes", "Don't Give Up", "Red Rain" e "Mercy Street), seu trabalho mais bem-sucedido, estarão neste projeto. Penso que, quando se faz um álbum com novas versões de suas próprias músicas, o ideal é pegar músicas de vários trabalhos anteriores. O Erasure fez isso brilhantemente com o álbum acústico "Union Street".