Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Surge um novo possível título para CD em que Gal canta Caetano: 'É Eu'

Surge um terceiro possível título para o álbum em que Gal Costa canta somente músicas de Caetano Veloso: É Eu. De início, foi especulado que o disco se chamaria Doce. Na sequência, foi aventada a possibilidade de o CD vir a ganhar o nome de Segunda em alusão ao título do álbum gravado por Gal com Caetano em 1966, Domingo. O nome permanece indefinido, mas nos bastidores comenta-se que deve se chamar É Eu ou Segunda. Certo é que o disco vai ser mesmo lançado em novembro de 2011 pela gravadora Universal Music, com capa assinada pela fotógrafa Gilda Midani. O álbum já está pronto. Gal - vista com Caetano em foto feita por Victor Affaro para a revista Rolling Stone - já pôs a voz definitiva nas 11 músicas do disco. Quase todas são inéditas. Uma exceção é Madre Deus, tema composto por Caetano para trilha sonora do balé Onqotô, estreado pelo Grupo Corpo em 2005. Mas tal tema é pouco conhecido.

31 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Surge um terceiro possível título para o álbum em que Gal Costa canta somente músicas de Caetano Veloso: É Eu. De início, foi especulado que o disco se chamaria Doce. Na sequência, foi aventada a possibilidade de o CD vir a ganhar o nome de Segunda em alusão ao título do álbum gravado por Gal com Caetano em 1966, Domingo. O nome permanece indefinido, mas nos bastidores comenta-se que deve se chamar É Eu ou Segunda. Certo é que o disco vai ser mesmo lançado em novembro de 2011 pela gravadora Universal Music, com capa assinada pela fotógrafa Gilda Midani. O álbum já está pronto. Gal - vista com Caetano em foto feita por Victor Affaro para a revista Rolling Stone - já pôs a voz definitiva nas 11 músicas do disco. Quase todas são inéditas. Uma exceção é Madre Deus, tema composto por Caetano para trilha sonora do balé Onqotô, estreado pelo Grupo Corpo em 2005. Mas tal tema é pouco conhecido.

Venus disse...

O bordão de Nerso da Capitinga? hahahahaha

Marcelo disse...

O nome escolhido piora a cada dia... Credo!!!!

Eduardo Cáffaro disse...

??? que medo ! É eu, é feio demais ! pra combinar só dizendo : Chega dói de ovir ! rsrs

Felipe Grilo disse...

"Doce segunda, é eu!"

Enfim, o primeiro nome pra mim era o melhor, e ficar divulgando vários nomes provisórios não tem sido legal.

Rhenan Rodrigo disse...

"O bordão de Nerso da Capitinga? hahahahaha"
HAHAHAH, Ri alto.
.
Amo a Gal, mas as últimas gravações dela ela tá com voz de vovózinha...

Alexandre Siqueira disse...

Péssimo título se for esse! Acho que vou chamá-lo de "Eu, Hein!" Tomara que o conteúdo seja o oposto da falta de criatividade que estão tendo na escolha do título definitivo...

Romani disse...

Marcelo!! KKKKKKKKK
É mesmo, tens razão. Cada vez pior a cada tentativa. "É eu", foi simplesmente de matar. Será que a poesia de Caetano não seria capaz de fornecer um título mais decente? Espero, ao menos, que o trabalho seja mais inspirado do que os títulos até então sugeridos.

Zé Henrique disse...

Não sei qual a idéia por trás de "É Eu". Assim solto no ar, sem nenhum gancho, fica bem esdrúxulo.
A idéia de Segunda em alusão ao Domingo é boa.
Mas segunda é um dia chato e seguir normas nunca foi muito o forte de Mano Caetano.
Sendo assim, colocaria Sábado.
Desse modo, como um super homem(super bacana), mudaria o curso do tempo por causa da mulher.
Pra lembrar outro bom baiano.

KL disse...

"Nem eu, nem eu, nem eu..."

Jeferson Garcia disse...

Não acredito que esperamos tanto por esse cd e ele já chega errando no batismo.

aguiar_luc disse...

Esse cd nem saiu e já da pra imaginar o que vem por aí! Mais do mesmo.

Marcelo disse...

Acho q quiseram deixar o "Todas as Coisas" de lado e ficaram com "E Eu", com a diferença de um acento agudo!!!! Com a tradicional sopa de letrinhas que é a obra de Caetano, ele podia sortear umas palavras pro título. Acho que se sairia melhor!!

Fabio disse...

Nossa, estou a ouvir "O Sorriso do Gato de Alice" em vinil. O nome desse disco é sonoro, curioso. Agora "É Eu"? Nem Jesus salva.

Mauro Ferreira disse...

Aviso aos navegantes: o nome 'É Eu' ainda é, por ora, somente uma possibilidade. Abs, MauroF

alittlemoreblue disse...

Sábado! Está decidido!

Marcelo disse...

Mauro...mesmo sendo só uma possibilidade , já é um terror!!!

Vladimir disse...

Resta saber se "É Eu" se refere à Gal ou a Caetano...

Seria a ele, autor das músicas ou à ela, cantora??!!!

Se for seguir esta "lógica", poderia ser: "É nóis"!! hehe

KL disse...

Vladimir, "à ela" (a expressão não leva crase) também estaria na lógica errada desse título em discussão.
E, a partir da sua ideia, eu sugiro um outro: É 'nois' na fita

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Tiago disse...

acho que esse nome foi só pra causar (má) celeuma.

J disse...

me too gal!

Gill disse...

Não fosse o fato de Virgínia Rodrigues ter um CD (seu segundo) com esse nome, eu sugeriria "Nós". "Nós" tem tudo a ver com eles dois + Moreno, não esqueçamos. "Nós" diz respeito a toda uma geração, a um povo (baiano), a um estilo musical, a tudo de forma genérica e ao mesmo tempo bastante particular. "Nós" é um título bastante coerente, belo, sonoro, gramaticalmente sofisticado e plural. Bem Gal. Mas como Caetano é padrinho de Virgínia, duvido muito que ele deixasse esse título. Fico com "Nós". Como disse Gal em meio à música "Groupie", gravada em 1982 para o disco “Minha Voz”, com participação de vários amigos, incluso Caetano, e para quem ela diz: "a gente se ama e é só" e esse “a gente” (Gal e Caetano) é “nós”.

Carlos Almeida disse...

Que post desnecessário Mauro, tá faltando notícia?

Estalactites hemorrágicas disse...

"domingo leGAL"

Ricardo Sergio

Um manquim mutilado disse...

Dispensável essa notícia.

Vitor disse...

Nunca ri tanto com os comentários desse blog. Pessoal ta criativo com os nomes

Vladimir disse...

Na verdade, parece que estão querendo fazer marketing antecipado de um CD. O problema é que fica parecendo uma "brincadeirinha" de mau gosto!!

De qualquer forma, acho que toda notícia deve ser divulgada sim, inclusive se tiver mais uma ou outra troca de título!!!

Agora, quanto a sugestão de "Nós", já vários discos foram denominados assim, como o CD da Paula Toller, Leny Andrade & Cesar Camargo Mariano e outros que não lembro agora...

Só espero que se o CD da Gal vai ter um repertório de inéditas, que o título também seja!!

KL, obrigado pela correção!!

Abraços

Eduardo Cáffaro disse...

E um assim extremamente criativo : Gal canta Caetano ! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
pronto. Sem explucação. hehehehehe

Carla disse...

Nem sabia que os dois lançariam um trabalho junto, so tinha visto os dois na capa da revista(nada ver), e esses nomes todos enche o saco, coloca logo "é nois na bahia de novo" e pronto e acaba esse misterio todo.

KL disse...

Carla;-)

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Eduardo Cáffaro disse...

E ai Mauro alguma novidade sobre o novo da Gal ? Não era para outubro ????