Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quarta-feira, 18 de maio de 2011

Em nobre show no Rio, Caetano canta 'Help' e 'Gente' pela infância livre

"Gente é pra brilhar, não pra morrer de fome", sentenciou Caetano Veloso em verso de Gente, a música de 1977 que o cantor apropriadamente escolheu para abrir seu set no show beneficente Infância Livre de Exploração e Abuso Sexual. Apresentado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro na noite de 17 de maio de 2011, o espetáculo juntou grandes nomes da MPB sob a direção requintada de Monique Gardenberg. Tudo em favor da Childhood Brasil, instituição que combate há 12 anos a exploração de crianças, "problema profundo e difícil de abordar", nas palavras ditas por Caetano Veloso no palco do Municipal. Intérprete sagaz, o cantor - visto em foto de Rodrigo Amaral - deu seu recado através da música. Na sequência de Gente, cantada por seu autor com a orquestra que executos os arranjos do diretor musical Guto Graça Mello, Caetano se valeu somente de sua voz e de sua violão para reviver Help (John Lennon e Paul McCartney, 1965), dando densidade aos versos do clássico juvenil dos Beatles. Por fim, o artista recordou Milagres do Povo (1985) em número que ganhou adequada pegada afro-baiana com a entrada de percussionistas do Bando de Teatro Olodum e do Olodum Mirim.

3 comentários:

Mauro Ferreira disse...

"Gente é pra brilhar, não pra morrer de fome", sentenciou Caetano Veloso em verso de Gente, a música de 1977 que o cantor apropriadamente escolheu para abrir seu set no show beneficente Infância Livre de Exploração e Abuso Sexual. Apresentado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro na noite de 17 de maio de 2011, o espetáculo juntou grandes nomes da MPB sob a direção requintada de Monique Gardenberg. Tudo em favor da Childhood Brasil, instituição que combate há 12 anos a exploração de crianças, "problema profundo e difícil de abordar", nas palavras ditas por Caetano Veloso no palco do Municipal. Intérprete sagaz, o cantor - visto em foto de Rodrigo Amaral - deu seu recado através da música. Na sequência de Gente, cantada por seu autor com a orquestra que executos os arranjos do diretor musical Guto Graça Mello, Caetano se valeu somente de sua voz e de sua violão para reviver Help (John Lennon e Paul McCartney, 1965), dando densidade aos versos do clássico juvenil dos Beatles. Por fim, o artista recordou Milagres do Povo (1985) em número que ganhou adequada pegada afro-baiana com a entrada de percussionistas do Bando de Teatro Olodum e do Olodum Mirim.

Rafael M. disse...

Bem que eles poderiam lançar um CD, um DVD e um blu-ray desse show ao vivo, e com a renda da venda do disco e dos DVD's revertida para a instituição Childhood Brasil. Não seria uma má idéia!!! Alguém saberia me dizer se há a previsão de que show esai m CD, DVD e blu-ray? Grato a qualquer um que possa me responder.

Luca disse...

Caetano é sempre Caetano! Não vi o show mas não duvido que tenha sido o melhor.