Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 22 de outubro de 2011

De novo em cena com o show 'Pelo Sabor do Gesto', Zélia recebe Moska

Tal como na gravação ao vivo do show Pelo Sabor do Gesto, que resultou no CD e DVD Pelo Sabor do Gesto em Cena, Zélia Duncan recebeu Moska na reapresentação do show na casa Vivo Rio, no Rio de Janeiro (RJ), em 21 de outubro de 2011. Com a adesão do instrumentista Christiaan Oyens, principal parceiro da fase inicial da obra da cantora, Zélia e Moska - vistos em foto de Rodrigo Amaral - uniram vozes e afinidades n'O Tom do Amor, parceria de Moska com Zélia, lançada pelo cantor no seu álbum Pouco (2010). De volta à cena no bis, quando surpreendeu Zélia com bolo que celebrava os 30 anos de carreira festejados pela cantora neste ano de 2011, Moska fez dueto com a aniversariante em Sentidos (Zélia Duncan e Christiaan Oyens), música lançada por Zélia no álbum Zélia Duncan (1994). Ainda redondo, o show Pelo Sabor do Gesto conserva a aura de delicadeza - urdida com a direção de Ana Beatriz Nogueira e o cenário de Analu Prestes - que move a turnê desde a estreia nacional, em 4 de julho de 2009, no Theatro Municipal de Niterói (RJ), palco mais nobre da cidade natal de Zélia Duncan.

5 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Tal como na gravação ao vivo do show Pelo Sabor do Gesto, que resultou no CD e DVD Pelo Sabor do Gesto em Cena, Zélia Duncan recebeu Moska na reapresentação do show na casa Vivo Rio, no Rio de Janeiro (RJ), em 21 de outubro de 2011. Com a adesão do instrumentista Christiaan Oyens, principal parceiro da fase inicial da obra da cantora, Zélia e Moska - vistos em foto de Rodrigo Amaral - uniram vozes e afinidades n'O Tom do Amor, parceria de Moska com Zélia, lançada pelo cantor no seu álbum Pouco (2010). De volta à cena no bis, quando surpreendeu Zélia com bolo que festejava os 30 anos de carreira festejados pela cantora neste ano de 2011, Moska fez dueto com a aniversariante em Sentidos (Zélia Duncan e Christiaan Oyens), música lançada por Zélia no álbum Zélia Duncan (1994). Ainda redondo, o show Pelo Sabor do Gesto conserva a aura de delicadeza - urdida com a direção de Ana Beatriz Nogueira e o cenário de Analu Prestes - que move a turnê desde a estreia nacional, em 4 de julho de 2009, no Theatro Municipal de Niterói (RJ), palco mais nobre da cidade natal de Zélia Duncan.

Rhenan Soares disse...

Taí "O" artista! Moska é incrível!
E a Zélia é a Zélia, né! Que venham mais 30!!

Luca disse...

concordo que Moska seja incrível mas fico com a impressão de que a carreira dele estacionou

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Rhenan Soares disse...

TINHA dado, né Luca? De 2003 pra cá, talvez, mesmo com o DVD de 2007...
O "Muito Pouco" desestacionou completamente, é bom demais! Vi o show dos discos ano passado, com o Sacha Amback e o Dunga na banda... perfeito!
.
Mesmo assim, nem se pode dizer q foi uma estacionada. O Moska é multi demais pra estacionar. O cantor talvez. Mas o apresentador, o fotógrafo, o compositor, o ator... o caralho a quatro que ele é - com muita competência, diga-se - estava por aí.
.
Confesso q descobri o Moska como cantor só nesse último trabalho, em 2010 (aqui no blog, inclusive). Conhecia esses "outros Moskas"... Aliás, n conhecia: via, lia.
O "Tudo novo de novo", foi lançado em 2003, tinha 11 anos... Tive um desencontro com a carreira do cantor. Mas, desde o ano passado, só me impressiono com "o cara". Tenho toda a discografia, ouço à beça. A poesia do Moska chega a mim sem ruídos e, felizmente não está só na música.