Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 25 de fevereiro de 2012

Ao cantar Lamartine em São Paulo, Nina refaz dueto de 1939 com China

São Paulo (SP) - Roqueiro de Pernambuco que lança em março seu terceiro CD solo, Moto Contínuo, China mostrou que sabe brincar Carnaval ao participar do show Nina Becker Canta Lamartine Babo, apresentado no teatro do Sesc Vila Mariana na noite de ontem, 24 de fevereiro de 2012. Com verve e harmonia, China e Nina - vistos em foto de Mauro Ferreira - reeditaram em Joujoux e Balangandãs (Lamartine Babo) o dueto feito por Mário Reis com a cantora Mariah em disco lançado em 1939. No gracioso número, a dupla chegou a descer para a plateia para incentivar alguns espectadores a cantar a marcha do compositor carioca. Na sequência, China valorizou título menos sedutor da obra de Lamartine Babo (1904 - 1963), Aí, Hein!, parceria do compositor com Paulo Valença, lançada em 1932. Neste número solado por China, Nina improvisou coreografias. No fim do show, o roqueiro folião ainda voltou à cena com Karina Buhr (que também participou da apresentação) para reforçar medley carnavalesco que uniu as marchinhas A.E.I.O.U. (Lamartine Babo e Noel Rosa, 1931), Grau 10 (Lamartine Babo e Ary Barroso, 1934) e 2 X 2 (Lamartine Babo, 1933). China animou o baile indie de Nina.

5 comentários:

Mauro Ferreira disse...

São Paulo (SP) - Roqueiro de Pernambuco que lança em março seu terceiro CD solo, Moto Contínuo, China mostrou que sabe brincar Carnaval ao participar do show Nina Becker Canta Lamartine Babo, apresentado no teatro do Sesc Vila Mariana na noite de ontem, 24 de fevereiro de 2012. Com verve e harmonia, China e Nina - vistos em foto de Mauro Ferreira - reeditaram em Joujoux e Balangandãs (Lamartine Babo) o dueto feito por Mário Reis com a cantora Mariah em disco lançado em 1939. No gracioso número, a dupla chegou a descer para a plateia para incentivar alguns espectadores a cantar a marcha do compositor carioca. Na sequência, China valorizou título menos sedutor da obra de Lamartine Babo (1904 - 1963), Aí, Hein!, parceria do compositor com Paulo Valença, lançada em 1932. Neste número solado por China, Nina improvisou coreografias. No fim do show, o roqueiro folião ainda voltou à cena com Karina Buhr (que também participou da apresentação) para reforçar medley carnavalesco que uniu as marchinhas A.E.I.O.U. (Lamartine Babo e Noel Rosa, 1931), Grau 10 (Lamartine Babo e Ary Barroso, 1934) e 2 X 2 (Lamartine Babo, 1933). China animou o baile indie de Nina.

Anônimo disse...

China cara firmeza demais!!!

Rafael M. disse...

A Nina canta com o China... E isso até rima... Rsrsrsrsrs... Curiso para saber se saiu algo de bom dessa rima. Adoro a Nina, grande cantora!

Anônimo disse...

China é aquele tipo "gente boa" que vai cavando daqui e dali e se dando bem.
Não tem grande talento como cantor ou compositor, mas é muito bom de palco.

Rafael M. disse...

Taí um show que poderia ganhar um registro em CD e DVD. Ótima seleção de repertório com a bela voz de Nina acaba dando um novo gás as boas canções de Lamartine.