Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Série 'Dose Dupla' reedita títulos do catálogo da Warner com pouco zelo

A Warner Music está repondo em catálogo títulos nacionais de seu acervo em série, Dose Dupla, que não reproduz o bom padrão editorial de séries anteriores da gravadora como Dois Momentos e Arquivos Warner. Com dois álbuns de um artista reunidos num único CD, os títulos da coleção se limitam a listar as músicas e a reproduzir - em escala menor - as capas dos álbuns originais. A precariedade da ficha técnica é tamanha que, em alguns casos, a série sequer identifica o ano de gravação e/ou lançamento do título original. É dessa forma pouco zelosa que voltam ao catálogo álbuns de Guilherme Arantes (A Cara e a Coragem e Guilherme Arantes, de 1978 e 1982), Tom Zé (Se o Caso É Chorar e Estudando o Samba, de 1972 e 1976), Hermeto Pascoal (Montreux Jazz ao Vivo e Cérebro Magnético, de 1979 e 1980), Raimundos (Raimundos e Lavô Tá Novo, de 1994 e 1995), Ultraje a Rigor (Nós Vamos Invadir sua Praia e Sexo!!, de 1985 e 1987), Fafá de Belém (Coração Brasileiro e Piano e Voz, de 1998 e 2002) e Waldir Azevedo (Cavaquinho Maravilhoso e Minhas Mãos, Meu Cavaquinho, de 1957 e 1976). O título dedicado a Célia na série atrasou por problemas editoriais, mas vai sair - com a novidade de que a gravadora já prepara um segundo volume da cantora na coleção enquanto corrige o primeiro. Dessa forma, os quatro primeiros álbuns gravados por Célia na Continental - todos intitulados Célia e lançados em 1971, 1972, 1975 e 1977 - vão ser editados pela primeira vez em CD na Dose Dupla, uma série que peca pela falta.

20 comentários:

Mauro Ferreira disse...

A Warner Music está repondo em catálogo títulos nacionais de seu acervo em série, Dose Dupla, que não reproduz o bom padrão editorial de séries anteriores da gravadora como Dois Momentos e Arquivos Warner. Com dois álbuns de um artista reunidos num único CD, os títulos da coleção se limitam a listar as músicas e a reproduzir - em escala menor - as capas dos álbuns originais. A precariedade da ficha técnica é tamanha que, em alguns casos, a série sequer identifica o ano de gravação e/ou lançamento do título original. É dessa forma pouco zelosa que voltam ao catálogo álbuns de Guilherme Arantes (A Cara e a Coragem e Guilherme Arantes, de 1978 e 1982), Tom Zé (Se o Caso É Chorar e Estudando o Samba, de 1972 e 1976), Hermeto Pascoal (Montreux Jazz ao Vivo e Cérebro Magnético, de 1979 e 1980), Raimundos (Raimundos e Lavô Tá Novo, de 1994 e 1995), Ultraje a Rigor (Nós Vamos Invadir sua Praia e Sexo!!, de 1985 e 1987), Fafá de Belém (Coração Brasileiro e Piano e Voz, de 1998 e 2002) e Waldir Azevedo (Cavaquinho Maravilhoso e Minhas Mãos, Meu Cavaquinho, de 1957 e 1976). O título dedicado a Célia na série atrasou por problemas editoriais, mas vai sair - com a novidade de que a gravadora já prepara um segundo volume da cantora na coleção enquanto corrige o primeiro. Dessa forma, os quatro primeiros álbuns gravados por Célia na Continental - todos intitulados Célia e lançados em 1971, 1972, 1975 e 1977 - vão ser editados pela primeira vez em CD na Dose Dupla, uma série que peca pela falta.

aguiar_luc disse...

Terá Vânia Abreu? Mauro!

Renato Vieira disse...

Mauro, eu não esperava menos desta série, que requenta séries passadas da Warner.

Valeu, pelo menos, pra reeditarem os discos da Célia. E o Amor, o disco frankenstein dela de 1982, podia ser reeditado com bônus de compacto.

aguiar_luc disse...

Não conheço Célia, vou pesquisar sobre ela!

Geilson Lopes disse...

Aguiar, o da Vania Abreu já tem disponivel sim, no site da Saraiva já tem 1 mês e o preço ta convidativo, faltou o Mauro dá o destaque a ela.

Cláudio disse...

Mauro,

Só uma correção: o primeiro disco de Célia não é inédito em CD. Ele saiu no Japão.

KL disse...

"Isso não se faz, Arnesto!"

aguiar_luc disse...

Obr Geilson, acho que o Mauro tá com raiva de mim!

Eduardo disse...

Mas ainda assim é bom resgatar os dois primeiros e excelentes álbuns do Ultraje!

Pedro Progresso disse...

A série Dois Momentos saiu no começo dos 2000 e desapareceu de catálogo muito rapidamente, mas o Gavin foi muito cuidadoso na época.

Felipe dos Santos disse...

Disse tudo, Mauro.

A Warner vacilou feio.

Felipe dos Santos Souza

CASSILDO SOUZA disse...

No caso do Guilherme Arantes, há um resgate interessantíssimo, pois são músicas que o grande público não conhece, principalmente as do álbum de 1978 - A cara e a coragem. As gravadoras estão em dificuldade financeira e tem sido difícil manter um padrão na parte editorial. Essa crise já perdura há algum tempo. A música ser relançada é o mais importante.

CASSILDO SOUZA disse...

No caso do Guilherme Arantes, há um resgate interessantíssimo, pois são músicas que o grande público não conhece, principalmente as do álbum de 1978 - A cara e a coragem. As gravadoras estão em dificuldade que já perdura há algum tempo. O mais importante é a música ser resgatada, ainda que sem o "zelo" devido. Temos que dar um desconto. O mercado fonográfico está complicado.

KL disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patria Regia disse...

Voce devia pensar assim, o público de hoje não é totalmente igual com os de antigamente, com essa Dose Dupla a moçada mais jovem e que não nasceu na época que não conhece, acha mais fácil nas lojas

KL disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
André Queiroz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
André Queiroz disse...

KL.

Seria melhor se eles lançassem um box com os albuns de Célia.Mais uma vez a Warner aproveita mal o acervo da Continental.

KL disse...

André,

Seria maravilhoso isso, porém não sabemos, de fato, o que leva alguém a tomar certas decisões, se pessoais ou se comerciais. Além dos (lendários) álbuns de Célia, até hoje não relançaram no Brasil, em cd, a obra-prima demolidora de Arthur Verocai, também da Continental, e do qual a cantora também participa divinamente numa faixa.

Abraço!

André Queiroz disse...

KL,

A Livraria Cultura vai lançar em dezembro o segundo pacote da Coleção Cultura,produzido pelo Charles Gavin com 10 titulos do acervo da Warner e fiquei sabendo por fonte segura que o album do Arthur Verocai é um deles.Vamos aguardar e torcer.