Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sábado, 22 de junho de 2013

Fernanda, Mariene, Teló e Vercillo gravam músicas do 'Barzinho - Novela 80'

♪ Samba de Ivan Lins e Vítor Martins, lançado na voz da cantora Simone em gravação feita para a trilha sonora da novela Água viva (TV Globo, 1980), Desesperar jamais ganhou a voz de outra cantora baiana, Mariene de Castro, no segundo e último dia de gravação do projeto Um barzinho, um violão - Novelas anos 80. Mariene - que também deu voz à toada De volta pro aconchego (Dominguinhos e Nando Cardel, 1985 - novela Roque Santeiro) - integrou o time de 11 intérpretes que passaram pelo palco armado em salão do Windsor Barra Hotel, no Rio de Janeiro (RJ), na noite de 18 de junho de 2013. Fernanda Abreu, Jorge Vercillo e Michel Teló - vistos em fotos de Vera Donato - também reviveram músicas propagadas em novelas dos anos 80, em sintonia com o conceito da quinta edição do projeto Um barzinho, um violão, idealizado pelo produtor Max Pierre. Na companhia de Eugênio Dale e Fernandinho Beat Box, Fernanda Abreu regravou Menino do Rio (Caetano Veloso, 1979 - novela Água viva) e Fullgás (Marina Lima e Antonio Cícero - novela Vereda tropical). Jorge Vercillo deu voz a Luiza (Tom Jobim, 1981 - novela Brilhante) e a Papel Machê (João Bosco e José Carlos Capinam, 1984 - novela Corpo a corpo). Já Michel Teló registrou Anjo (Dalto, Cláudio Rabello e Renato Correa, 1983 - novela Guerra dos sexos) e Faltando um pedaço (Djavan, 1981 - novela Sétimo sentido) enquanto Thiaguinho regravou Dona (Luiz Carlos Sá & Guarabyra, 1985 - novela Roque Santeiro) e Bye bye, tristeza (Marcos Valle e Carlos Colla, 1988 - novela Que rei sou eu?). Aposta da gravadora Universal Music no segmento do samba, Mumuzinho pôs na roda Judia de mim (Wilson Moreira e Zeca Pagodinho, 1986 - novela Hipertensão) e Enredo do meu samba (Jorge Aragão e Ivone Lara, 1984 - novela Partido alto). Vocalista e principal compositor do Grupo Revelação, Xande de Pilares gravou Malandro sou eu (Arlindo Cruz, Franco e Sombrinha, 1985 - novela Roque Santeiro) e Deixa eu te amar (Mauro Silva, Camillo e Agepê, 1984 - novela Vereda tropical). Por sua vez, o cantor e compositor mineiro Vander Lee saiu de seu território autoral para interpretar As vitrines (Chico Buarque, 1982 - novela Sétimo sentido) e Por causa de você (Antonio Carlos Jobim e Dolores Duran, 1957 - série Anos dourados). Marina Elali deu voz a Certas coisas (Lulu Santos e Nelson Motta, 1984 - novela Vereda tropical) e a Um dia, um adeus (Guilherme Arantes, 1987 - novela Mandala). Por fim, Alex Cohen gravou Perigo (Nico Rezende e Paulinho Lima, 1986 - novela Selva de pedra) e Você é linda (Caetano Veloso, 1983 - novela Eu prometo). Escalada para gravar no segundo dia, Daniela Mercury alegou imprevisto e desmarcou a gravação. O CD e DVD Um barzinho, um violão - Novelas anos 80 serão lançados pelo selo ZecaPagodiscos, do cantor Zeca Pagodinho, com distribuição da Universal Music (gravadora da qual Zeca é contratado). O primeiro volume do projeto tem a edição programada para o segundo semestre deste ano de 2013. Já o segundo volume vai chegar às lojas (somente) em 2014.

11 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Samba de Ivan Lins e Vítor Martins, lançado na voz da cantora Simone em gravação feita para a trilha sonora da novela Água viva (TV Globo, 1980), Desesperar jamais ganhou a voz de outra cantora baiana, Mariene de Castro, no segundo e último dia de gravação do projeto Um barzinho, um violão - Novela 80. Mariene - que também deu voz à toada De volta pro aconchego (Dominguinhos e Nando Cardel, 1985 - novela Roque Santeiro) - integrou o time de 11 intérpretes que passaram pelo palco armado em salão do Windsor Barra Hotel, no Rio de Janeiro (RJ), na noite de 18 de junho de 2013. Fernanda Abreu, Jorge Vercillo e Michel Teló - vistos em fotos de Vera Donato - também reviveram músicas propagadas em novelas dos anos 80, em sintonia com o conceito da quinta edição do projeto Um barzinho, um violão, idealizado pelo produtor Max Pierre. Na companhia de Eugênio Dale e Fernandinho Beat Box, Fernanda Abreu regravou Menino do Rio (Caetano Veloso, 1979 - novela Água viva) e Fullgás (Marina Lima e Antonio Cícero - novela Vereda tropical). Jorge Vercillo deu voz a Luiza (Tom Jobim, 1981 - novela Brilhante) e a Papel Machê (João Bosco e José Carlos Capinam, 1984 - novela Corpo a corpo). Já Michel Teló registrou Anjo (Dalto, Cláudio Rabello e Renato Correa, 1983 - novela Guerra dos sexos) e Faltando um pedaço (Djavan, 1981 - novela Sétimo sentido) enquanto Thiaguinho regravou Dona (Luiz Carlos Sá & Guarabyra, 1985 - novela Roque Santeiro) e Bye bye, tristeza (Marcos Valle e Carlos Colla, 1988 - novela Que rei sou eu?). Aposta da gravadora Universal Music no segmento do samba, Mumuzinho pôs na roda Judia de mim (Wilson Moreira e Zeca Pagodinho, 1986 - novela Hipertensão) e Enredo do meu samba (Jorge Aragão e Ivone Lara, 1984 - novela Partido alto). Vocalista e principal compositor do Grupo Revelação, Xande de Pilares gravou Malandro sou eu (Arlindo Cruz, Franco e Sombrinha, 1985 - novela Roque Santeiro) e Deixa eu te amar (Mauro Silva, Camillo e Agepê, 1984 - novela Vereda tropical). Por sua vez, o cantor e compositor mineiro Vander Lee saiu de seu território autoral para interpretar As vitrines (Chico Buarque, 1982 - novela Sétimo sentido) e Por causa de você (Antonio Carlos Jobim e Dolores Duran, 1957 - série Anos dourados). Marina Elali deu voz a Certas coisas (Lulu Santos e Nelson Motta, 1984 - novela Vereda tropical) e a Um dia, um adeus (Guilherme Arantes, 1987 - novela Mandala). Por fim, Alex Cohen gravou Perigo (Nico Rezende e Paulinho Lima, 1986 - novela Selva de pedra) e Você é linda (Caetano Veloso, 1983 - novela Eu prometo). Escalada para fazer sua gravação no segundo dia, Daniela Mercury alegou imprevisto e desmarcou o compromisso. O CD e DVD Um barzinho, um violão - Novela 80 serão lançados pelo selo ZecaPagodiscos, do cantor Zeca Pagodinho, com distribuição da Universal Music. O primeiro volume tem a edição programada para o segundo semestre de 2013. Já o segundo volume vai chegar às lojas somente em 2014.

Leandro Zecchin disse...

Feliz por Mariene estar nesse projeto.
Vi um vídeo amador da gravação de "De Volta Pro Aconchego", e me agradou muito.

O guga disse...

Fernanda ,Linda ! 2 belas canções na sua voz doce !

O guga disse...

2 belas canções na voz de Fernanda Abreu ! sucesso mais essa edição do projeto !

Marcelo Barbosa disse...

Precisa ter coragem essa Marina Elali. Tipo de cantora que a Globo, a Som Livre e agora a Universal FORÇAM a BARRA e querem nos empurrar. Fraquíssima!
Mariene sim, grande cantora e aposta acertada, além de linda.
Abraços, Mauro!

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

Jorge Reis disse...

Feliz em saber que Vander Lee entrou para a "panelinha" única maneira de fazer sucesso neste país...

Luca disse...

Mariene ficou linda de cabelo preso. Fernanda Abreu ainda existe, gente!

Fábio disse...

"Vereda Tropical" bombou no projeto!

Marcyo Lima disse...

Não acho Marina Elali fraquíssima, ao contrário, a considero uma excelente cantora, de uma voz doce, afinada e acima de tudo, muito talentosa. Marina Elali é uma cantora de peso no novo cenário nacional!

Marcyo Lima disse...

Marina Elali é uma excelente cantora, não a considero fraquíssima, ao contrário, tem uma voz doce, afinada e muito potente. Marina Elali é muita boa que faz, é umas das melhores cantoras da nova geração, além disso, é super talentosa e vai chegar muito longe, sua voz encanta assim como suas apresentações.

Anônimo disse...

Imagino Mariene cantando De volta pro meu aconchego e um sorriso já vem à face....