Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


quarta-feira, 26 de junho de 2013

Baltar dá voz a Ary, a Cartola, a Chico e a Nelson no show 'tReSvaRiOs'

Ao lançar em 1952 o samba-canção Risque, um dos títulos mais conhecidos de seu cancioneiro, Ary Barroso (1903 - 1964) teve que fazer valer sua vontade para que a composição fosse gravada no ritmo original de samba-canção, e não como bolero. Por isso mesmo, é provável que o ranzinza compositor mineiro fechasse a cara se ouvisse a sedutora transformação de Risque em tango no show tReSvaRiOs. Com direito a rosas arremessadas ao palco do Teatro Rival por Mariana Baltar, o número é um dos destaques do roteiro do show em que a cantora carioca dá voz à obra composta por Luiz Flavio Alcofra com Mauro Aguiar. Tanto que o número foi repetido no bis da estreia mundial - como brincou Baltar - do show baseado no recém-lançado CD tReSvaRiOs. Além das músicas de Alcofra com Aguiar, que entra em cena como cantor em sete das 17 músicas do roteiro, o público que assistiu à estreia de tReSvaRiOs no Rio de Janeiro (RJ), em 25 de junho de 2013, viu e ouviu a ótima cantora dar voz a músicas de Cartola (1908-1980) (Basta de clamares inocência, 1979), Chico Buarque (Samba do grande amor, 1983) e Nelson Cavaquinho (1911-1986) (Luz negra, com Amâncio Cardoso, 1961). Eis o roteiro seguido por Mariana Baltar - em foto de Rodrigo Amaral - na estreia de tReSvaRiOs:

1. Tresvarios (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013)
2. Sem par (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013)
3. Na mesma moeda (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013)
4. Ponto cego (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013) - com Mauro Aguiar
5. Latin lover (João Bosco e Aldir Blanc, 1975) - solo de Mauro Aguiar
6. Claudicantes (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013) - com Mauro Aguiar
7. Luz negra (Nelson Cavaquinho e Amâncio Cardoso, 1961)
8. Basta de clamares inocência (Cartola, 1979)
9. Estreito infinito (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar)
10. Capataz (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar)
11. Curto circuito (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar)
12. Risque (Ary Barroso, 1952)
13. Sem pai nem mãe (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar)
14. Samba do grande amor (Chico Buarque, 1983) - com Mauro Aguiar
15. Enfim, saudade (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar) - com Mauro Augiar
16. Não cabe num quibe (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar) - com Mauro Aguiar
17. Gênese (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013) - com Mauro Aguiar
Bis:
18. Risque (Ary Barroso, 1952)
19.  Gênese (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013) - com Mauro Aguiar

5 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Ao lançar em 1952 o samba-canção Risque, um dos títulos mais conhecidos de seu cancioneiro, Ary Barroso (1903 - 1964) teve que fazer valer sua vontade para que a composição fosse gravada no ritmo original de samba-canção, e não como bolero. Por isso mesmo, é provável que o ranzinza compositor mineiro fechasse a cara se ouvisse a sedutora transformação de Risque em tango no show tReSvaRiOs. Com direito a rosas arremessadas ao palco do Teatro Rival por Mariana Baltar, o número é um dos destaques do roteiro do show em que a cantora carioca dá voz à obra composta por Luiz Flavio Alcofra com Mauro Aguiar. Tanto que o número foi repetido no bis da estreia mundial - como brincou Baltar - do show baseado no recém-lançado CD tReSvaRiOs. Além das músicas de Alcofra com Aguiar, que entra em cena como cantor em sete das 17 músicas do roteiro, o público que assistiu à estreia de tReSvaRiOs no Rio de Janeiro (RJ), em 25 de junho de 2013, viu e ouviu a ótima cantora dar voz a músicas de Cartola (1908-1980) (Basta de clamares inocência, 1979), Chico Buarque (Samba do grande amor, 1983) e Nelson Cavaquinho (1911-1986) (Luz negra, com Amâncio Cardoso, 1961). Eis o roteiro seguido por Mariana Baltar - em foto de Rodrigo Amaral - na estreia de tReSvaRiOs:

1. Tresvarios (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013)
2. Sem par (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013)
3. Na mesma moeda (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013)
4. Ponto cego (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013) - com Mauro Aguiar
5. Latin lover (João Bosco e Aldir Blanc, 1975) - solo de Mauro Aguiar
6. Claudicantes (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013) - com Mauro Aguiar
7. Luz negra (Nelson Cavaquinho e Amâncio Cardoso, 1961)
8. Basta de clamares inocência (Cartola, 1979)
9. Estreito infinito (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar)
10. Capataz (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar)
11. Curto circuito (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar)
12. Risque (Ary Barroso, 1952)
13. Sem pai nem mãe (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar)
14. Samba do grande amor (Chico Buarque, 1983) - com Mauro Aguiar
15. Enfim, saudade (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar) - com Mauro Augiar
16. Não cabe num quibe (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar) - com Mauro Aguiar
17. Gênese (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013) - com Mauro Aguiar
Bis:
18. Risque (Ary Barroso, 1952)
19. Gênese (Luiz Flavio Alcofra e Mauro Aguiar, 2013) - com Mauro Aguiar

Rubens Lisboa disse...

Mariana ocupa hoje, sem sombra de dúvida, lugar especial entre as nossas cinco melhores cantoras. Salve, Baltar!

Maddie disse...

Hi, Nice post thanks for sharing. Would you please consider adding a link to my website on your page. Please email me back.

Thanks!

Madison
maddie0147 at gmail.com

Music videos
Celebrities

Káyon disse...

Gosto muito das músicas que ela escolhe pra cantar, mas ouvindo seu cd fiquei com a impressão de que é mais uma jovem cantora de voz bem colocada, boa emissão, timbre agradável, mas sem nada que a diferenciasse tanto de muitas da sua geração. Sei que muitos cantores funcionam melhor ao vivo do que em estúdio(os que cantam bem, é claro). Talvez seja o caso.

Maria disse...

Ela é mesmo ótima!
Gostei logo de cara no primeiro disco Uma Dama Também Quer se Divertir pela voz é claro, e também os arranjos da banda primorosos.