Mauro Ferreira no G1

Aviso aos navegantes: desde 6 de julho de 2016, o jornalista Mauro Ferreira atualiza diariamente uma coluna sobre o mercado fonográfico brasileiro no portal G1. Clique aqui para acessar a coluna. O endereço é http://g1.globo.com/musica/blog/mauro-ferreira/


sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Trilha de 'Insensato Coração' agrega Elis, Dori, Nana, Simone e Maria Rita

Parceria de Sueli Costa com Vítor Martins, lançada em 1972 por Elis Regina (1945 - 1982), Vinte Anos Blues volta à cena na trilha sonora nacional da novela Insensato Coração - no ar desde 17 de janeiro de 2011 pela TV Globo - na gravação original da Pimentinha. Nas lojas em fevereiro, o CD com a trilha sonora da trama de Gilberto Braga agrega nomes como Maria Rita (Coração em Desalinho, samba de Mauro Diniz e Ratinho regravado especialmente para a novela), Mart'nália (Ela É a Minha Cara, samba de Celso Fonseca e Ronaldo Bastos que tem tudo para repetir o sucesso de Cabide), Nana Caymmi (Sem Poupar Coração, obra-prima que deu título ao álbum de 2009), Ney Matogrosso (Verdade da Vida, regravação inédita do sucesso de Helena de Lima nos anos 60), Simone (Love, fonograma do álbum Na Veia), Dori Caymmi (Só Louco, samba-canção de Dorival Caymmi cuja letra inspirou o título da novela), Maria Bethânia (Trocando em Miúdos, regravação inédita do belo tema de Francis Hime e Chico Buarque) e Zeca Baleiro (regravação também inédita de Homem com H), entre outros artistas. 

9 comentários:

Mauro Ferreira disse...

Parceria de Sueli Costa com Vítor Martins, lançada em 1972 por Elis Regina (1945 - 1982), Vinte Anos Blues volta à cena na trilha sonora nacional da novela Insensato Coração - no ar desde 17 de janeiro de 2011 pela TV Globo - na gravação original da Pimentinha. Nas lojas em fevereiro, o CD com a trilha sonora da trama de Gilberto Braga agrega nomes como Maria Rita (Coração em Desalinho, samba de Mauro Diniz e Ratinho regravado especialmente para a novela), Mart'nália (Ela É a Minha Cara, samba de Celso Fonseca e Ronaldo Bastos que tem tudo para repetir o sucesso de Cabide), Nana Caymmi (Sem Poupar Coração, obra-prima que deu título ao álbum de 2009), Ney Matogrosso (Verdade da Vida, regravação inédita do sucesso de Helena de Lima nos anos 60), Simone (Love, fonograma do álbum Na Veia), Dori Caymmi (Só Louco, samba-canção de Dorival Caymmi cuja letra inspirou o título da novela), Maria Bethânia (Trocando em Miúdos, regravação inédita do belo tema de Francis Hime e Chico Buarque) e Zeca Baleiro (regravação também inédita de Homem com H), entre outros artistas.

Rhenan Rodrigo disse...

A trilha está divina!
O "milhares de sambas" da Ana Carolina tbm está na trilha. Não sei qual versão mas tudo indica ser o belíssimo dueto com a Roberta Sá!
^)

lauro disse...

Ficou boa a versão de Maria Rita para "Coração em Dasalinho"? Não sei... mas não me parece que ficou legal na abertura da novela. Por que não optaram por "Só Louco", já que essa letra inspirou o título da novela? Vai saber... Talvez "Love", com a Simone, funcionaria melhor na abertura, pois tem um pouco os ares de "Tô que Tô" (que ficou bem ótima na abertura de uma outra novela global) - e cuja letra tem bem esse espírito de "insensato coração". De resto, gostei de ver o retorno da Pimentinha, mostrando sua genialidade de ter uma obra que jamais fica datada. Ah, saudade...

Leonardo Ribeiro disse...

Que delícia!

A música Love da Simone é muito gostosinha. Os sambas têm sido recorrentes nas trilhas sonoras da Globo. O que é ótimo! O mais delicioso e brasileiro dos ritmos.

Rhenan, quanto à música Milhares de Sambas, a versão será mesmo a com a Roberta Sá.

Um abraço a todos e muito samba na veia!

Fernando de Sá Leitão disse...

Eu gostei de tudo!

O sambinha (en)cantado por Maria Rita chama bem aos telespectadores para frente da TV.

E as interpretações de Nana, Simone estão magníficas.

Ainda não ouvi a Bethânia, que certamente estará magistral!

Jorge Reis disse...

Sabe aquele "Maria Rita de novo ?", foi o que ocorreu, quando ouvi, Não vejo novela, acho a trilha ótima, mas, acho que chamaria, Roberta Sá, Gal, Vanessa da Mata, só pra não parcer dejavu, que alias tem tudo haver com todas as novelas...

rsantaliestra disse...

Mestre Mauro,

para ajudar na montagem da discografia, o autor da música LOVE (Simone) é o Paulo Padilha:
http://www.myspace.com/sambadeslocado/photos/40773957

forte abraço!

novoluar disse...

Olá! Também concordo que a escolha de Maria Rita para abertura, não foi a melhor ideia! A voz dela é 'chorona' demais, pra cantar samba (e pra cantar qualquer coisa).

Do outro lado, temos a Simone, com vasta experiência no assunto 'samba' (mesmo sem ser considerada ou respeitada como sambista), com um tema moderno, jovial, alegre, que traduz, como disse um dos amigos que me antecedeu, esse espírito meio maluco da frase 'insensato coração'.

Fugiram do óbvio colocando outra música na abertura (o 'normal' seria Só Louco), mas acabaram caindo em algo batido, pois esse samba já foi cantando por Zeca Pagodinho e Leila Pinheiro (cuja versão não é nada desprezível, apesar de achar que também não é uma 'sambista' com méritos).

Sem contar que não lhe vejo coerência com a novela. Uma abertura em branco e preto, com uma música tão fraca, e com imagens tão pouco sugestivas deveria ter o mesmo destino da abertura inicial de Torre de Babel: ser substituída!

Mas bom, esse não é o fim do blog... parabens Mauro pela resenha!

Bruna Andrade disse...

Simone tem feito o maior sucesso com Love. Há um bom tempo que ela está entre as 10 Mais da MPB FM.
Este blog é excelente, aproveitando para seguir.
http://simoneemboacompanhia.blogspot.com/
@brfandrade